Polícia de Indiana já comprou software de US$ 15 mil para desbloquear iPhones

Por Ramon de Souza | 09 de Março de 2018 às 17h08
Grayshift

Recentemente, noticiamos o surgimento de uma nova empresa que oferece, por apenas US$ 15 mil, um software supostamente capaz de desbloquear qualquer iPhone disponível no mercado (incluindo aqueles que executam o iOS 11, mais recente versão do sistema operacional da Apple). Agora, graças a um material obtido pelo Motherboard, sabemos que já existem órgãos governamentais usando tal programa.

De acordo com o veículo, a Grayshift, como é chamada a fornecedora da solução GrayKey, conseguiu fechar uma venda para a olícia do estado de Indiana, nos Estados Unidos. Uma nota fiscal detalha que a compra, efetuada no dia 21 de fevereiro, refere-se a “uma unidade” da GrayKey e “uma licença online anual” válida para 300 desbloqueios. A tal “unidade” (provavelmente um hardware) custou US$ 500, e o software saiu por US$ 14,5 mil graças a um desconto de “boas-vindas”.

Também vazaram alguns e-mails trocados entre membros da força policial, e, durante as mensagens, os policiais afirmam ter pressa para obter o programa e usá-lo para obter evidências em investigações em curso. “Esta solução será usada de casos de homícidio até crimes contra crianças nos quais os suspeitos estão escondendo seus conteúdos dos agentes da lei”, explica um documento interno da corporação.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Polícia de Indiana tinha "urgência" em usar o software (Reprodução: News Now Warsaw)

Vale lembrar que, como divulgado anteriormente, a Grayshift parece contar com a ajuda de Braden Thomas, ex-engenheiro da Apple, para projetar suas soluções de desbloqueio. Tudo indica que o software usufrui de alguma vulnerabilidade no Secure Enclave, um chip presente nos iPhones mais recentes e que lida especificamente com os processos de desbloqueio através de PINs e impressões digitais.

A notícia do GrayKey chamou atenção justamente pelo preço do produto — US$ 15 mil é um valor irrisório se levarmos em conta o poder de uma ferramenta como essa. Rumores afirmam que, em 2016, o FBI pagou mais de US$ 1 milhão à Cellebrite (firma israelense que há tempos oferece uma solução forense capaz de invadir celulares) para que ela desbloqueasse um único iPhone 5c.

Fonte: Motherboard

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.