Sony perde US$ 20 bilhões em valor de mercado após venda da Activision Blizzard

Sony perde US$ 20 bilhões em valor de mercado após venda da Activision Blizzard

Por Felipe Goldenboy | Editado por Bruna Penilhas | 19 de Janeiro de 2022 às 17h22
Divulgação/PlayStation

A Sony perdeu quase US$ 20 bilhões (cerca de R$ 109 bilhões, em conversão direta) em valor de mercado após a Microsoft anunciar a compra da Activision Blizzard na última terça-feira (18). O valor equivale a uma queda de 13% nas ações da empresa japonesa.

Essa foi a maior queda no preço das ações da Sony desde outubro de 2008, quando a empresa recolheu cerca de 100 mil baterias de laptops por risco de incêndio. No entanto, a japonesa segue como o segundo maior conglomerado de games do mundo, ficando atrás apenas da Tencent.

Após a Microsoft comprar a Bethesda e a Activision Blizzard, Sony terá dificuldades em seu modelo de negócio, sugere analista (Foto: Dennis Cortés/Unsplash)

"A Sony terá um desafio monumental em suas mãos para se manter sozinha nesta guerra de atrito", disse Amir Anvarzadeh, analista da agência que presta consultoria em ações Asymmetric Advisors, à Bloomberg. “Com Call of Duty agora provavelmente sendo adicionado à lista do Game Pass, os ventos contrários para a Sony só ficarão mais difíceis”.

Por enquanto, não sabemos se franquias da Activision Blizzard, como Overwatch, Diablo, World of Warcraft e mais, se tornarão exclusivas do Xbox — relembre todos os games aqui. A Sony também pode estar preparando uma resposta à altura, como um serviço à la Game Pass, dizem rumores.

Anúncio da compra da Activision Blizzard pela Microsoft pegou fãs e mercado de surpresa (Foto: Divulgação/Xbox)

Por outro lado, empresas japonesas como a Capcom, a KONAMI e a Square Enix tiveram suas ações valorizadas em 5% na bolsa de valores de Tóquio — um sinal de fortalecimento dos estúdios que possuem propriedades intelectuais (IP) icônicas. Quem também viu um aumento de 11% no mercado foi a francesa Ubisoft.

A compra da Activision Blizzard pela Microsoft abalou o mercado internacional, principalmente pelo valor astronômico: cerca de US$ 68,7 bilhões (quase R$ 379 bilhões, em conversão direta). Esse é o maior negócio já fechado na história dos videogames. O recorde anterior, da Take-Two comprando a Zynga, foi de US$ 12,7 bilhões (R$ 69 bilhões).

Fonte: Bloomberg, GameSpot

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.