Sony avisa: vai ser difícil encontrar PlayStation 5 nas lojas até 2022

Por Felipe Demartini | Editado por Jones Oliveira | 10 de Maio de 2021 às 13h41
Divulgação/Sony

Você não está sozinho na busca por um PlayStation 5, em falta de forma generalizada desde seu lançamento, em novembro do ano passado. A má notícia é que, de acordo com a própria Sony, essa situação deve se manter até 2022, por uma mistura entre a alta demanda pelo console de nova geração e as dificuldades em aumentar o ritmo de fabricação de unidades, em uma situação que se mantém desde o início da pandemia do novo coronavírus.

Os detalhes sobre a situação foram dados por Hiroki Totoki, diretor financeiro da Sony, em uma conferência com investidores e acionistas após a divulgação dos resultados financeiros do último ano fiscal, encerrado em março deste ano. Segundo o executivo, a falta de semicondutores no mercado, ao mesmo tempo em que diferentes setores da tecnologia aumentaram sua demanda pelos componentes, levou a uma escassez de chips sem previsão de melhora no curto prazo.

Ainda que a expectativa seja de vender 14,8 milhões de unidades do PlayStation 5 até março de 2022 — um número, inclusive, semelhante ao do PS4 em seu segundo ano, em uma época sem tais dificuldades —, Totoki indica que os totais poderiam ser maiores. Por outro lado, não é possível ampliar as expectativas de vendas por conta dos problemas na fabricação, com a Sony buscando alternativas para lidar com isso enquanto pede paciência a usuários, que se deparam com disponibilidades rapidamente esgotadas nas prateleiras.

Entre as alternativas para lidar com o problema estaria a fabricação de um modelo do PlayStation 5 com chip remodelado, ainda que sem mudanças de design ou poder de processamento. A solução “semicustomizada” estaria sendo desenvolvida pela AMD e fabricada pela taiwanesa TSMC, com lançamento marcado para 2022 e visto como uma retomada, já que o ritmo de fabricação das versões atuais também não seria reduzido, muito pelo contrário.

Enquanto a vindoura existência de um novo modelo do console ainda é um rumor, sobre o qual a Sony não se pronunciou, Totoki efetivamente cita a busca por soluções relacionadas à escassez de chips no mercado, indicando que parcerias com novas fornecedoras estariam sendo estudadas como alternativas para o problema. Planos oficiais sobre isso, entretanto, ainda não foram divulgados.

Fonte: Bloomberg

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.