O sucesso do simulador de fazenda que superou Battlefield 2042

O sucesso do simulador de fazenda que superou Battlefield 2042

Por Felipe Goldenboy | Editado por Bruna Penilhas | 01 de Dezembro de 2021 às 12h06
Divulgação/GIANTS Software

Battlefield 2042 e Farming Simulator 22 foram lançados na mesma semana, com apenas três dias de diferença. O primeiro é um jogo de tiro em primeira pessoa (FPS) de uma das franquias mais bem sucedidas da Electronic Arts (EA); já o segundo, um simulador rural. Adivinhe qual faz mais sucesso e tem mais jogadores? Para surpresa de muitos, foi Farming Simulator.

É o que mostram os dados do SteamDB, site que reúne métricas e informações sobre jogos do Steam, plataforma online da Valve. Apenas no último domingo (28), Farming Simulator teve um pico de quase 94 mil usuários; já Battlefield 2042, 53 mil.

Escolha o seu preferido: vaquinhas ou metralhadoras? (Foto: Divulgação/GIANTS Software/EA)

Esses números se refletem também na lista de games mais vendidos da semana no Steam — confira o ranking abaixo. Vale lembrar que a loja oferece descontos de Black Friday até 1º de dezembro, às 15h.

  1. Farming Simulator 22
  2. Battlefield 2042
  3. Cyberpunk 2077
  4. Red Dead Redemption
  5. Valve Index VR Kit

Estamos falando de um jogo com orçamento muito menor e com quase o dobro de jogadores — pelo menos na maior loja de games para PC. Mas afinal, que game é esse e por que ele faz tanto sucesso?

Um jogo de fazendinha e fazendona

Farming Simulator não é uma novidade no mercado, muito pelo contrário. Esta é uma franquia de jogos que existe há mais de uma década, em que os jogadores têm total liberdade para construir, aumentar e lucrar com suas fazendas. O jogo é produzido pelo estúdio independente GIANTS Software, com sede na Suíça.

No lançamento deste ano, é possível dirigir mais de 400 máquinas agrícolas de 100 marcas reais, preparar sua colheita para cada estação do ano — principalmente o inverno, a mais prejudicial — e escolher entre agricultura, pecuária ou silvicultura.

Dirigir uma Case IH não é para qualquer um — na vida real, claro (Foto: Divulgação/GIANTS Software)

Além de criar um avatar, o jogador pode também escolher quais ferramentas vai usar para trabalhar o solo, como trituradores e recolhedores de pedras. Também é possível utilizar fertilizantes nas plantações. Outra novidade bem-vinda de Farming Simulator 22 é o cross-play: assim, usuários de PC podem jogar com usuários de console e vice-versa.

Para quem não está acostumado, ele tem uma pegada semelhante a outros simuladores como o Euro Truck Simulator (de caminhões) ou o Microsoft Flight Simulator (de voo). Não há ação, combate ou desafios frenéticos — ou seja, você nunca perde, morre ou é derrotado. É como se a vida fosse (quase) perfeita. Junte isso aos gráficos atualizados, inclusive com suporte à ray tracing (tecnologia que calcula em tempo real os reflexos e refrações dos raios de luz), e o resultado é um game mais bucólico, contemplativo e relaxante — além de extremamente bonito.

Farming Simulator 22 e suas belas paisagens (Foto: Divulgação/GIANTS Software)

Como Farming Simulator ficou mais popular que Battlefield 2042?

Essa é uma pergunta difícil de responder, mas temos alguns palpites. O primeiro é a enxurrada de críticas que o jogo da EA tem recebido da imprensa e do público — até a publicação desta reportagem, são mais de 72 mil avaliações; quase 50 mil delas são negativas (66%). Em comparação, Farming Simulator 22, que conta com quase 11 mil avaliações na Steam, tem 9 mil delas positivas (84%).

Entre as principais reclamações sobre Battlefield 2042, estão bugs, a taxa de quadros por segundo que cai com frequência, a falta de conteúdos nos mapas, problemas nos veículos e mais. Nem mesmo o cenário futurista pós-apocalíptico e os eventos climáticos, como tempestades de areia, foram suficientes para conquistar os jogadores. O estúdio responsável pela produção, DICE, prometeu consertar os problemas em atualizações futuras.

Battlefield 2042: tiro, porrada, bomba e bugs (Foto: Divulgação/EA)

Nosso segundo palpite é que, com tantos defeitos, parte dos fãs de FPS tenham trocado Battlefield por Halo Infinite, cujo modo multiplayer está disponível de graça antes do lançamento oficial, em 8 de dezembro. Isso também pode representar uma exaustão do público a jogos com fórmulas maçantes e execução questionável.

Enquanto Battlefield 2042 enfrenta problemas, alternativas como Halo Infinite estão disponíveis de graça (Foto: Divulgação/343 Industries)

E o terceiro palpite é que jogos relaxantes são uma nova tendência do mercado. Não nos entenda mal: simuladores e games tranquilos existem há anos, incluindo o próprio Farming Simulator. Porém, jogos com essa pegada ganharam ainda mais o carinho do público após a pandemia de covid-19, em que a maioria das pessoas ficou isolada em casa tentando, literalmente, não surtar.

Tome como exemplo Animal Crossing: New Horizons, sucesso da Nintendo em 2020 que ajudou a esgotar o estoque do Switch pelo mundo. Farming Simulator 22 pode ser um reflexo disso também — em apenas uma semana, o título vendeu mais de 1,5 milhão de cópias. Somados, todos os games da franquia já venderam mais de 25 milhões de cópias. No mobile, o simulador superou 90 milhões de downloads.

Animal Crossing: New Horizons, um dos games que ajudou a manter nossa sanidade mental em 2020 (Foto: Divulgação/Nintendo)

Estejam nossos palpites certos ou não, Farming Simulator 22 está disponível para PlayStation 4, PlayStation 5, Xbox One, Xbox Series X, Xbox Series S, PC, Mac e Stadia. Você já jogou o simulador? Compartilhe sua opinião através das redes sociais!

Com informações: Kotaku, GamesIndustry.biz

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.