5 motivos para comprar o PlayStation 5

Por Felipe Ribeiro | 27 de Setembro de 2020 às 15h15
Francielle Lima/Canaltech
Tudo sobre

Saiba tudo sobre PlayStation 5

Ficha técnica

Com chegada programada para o dia 19 de novembro no Brasil, o PlayStation 5 já é um dos produtos que mais desperta o desejo dos apaixonados por games. Com o sucesso estrondoso do PlayStation 4 nos últimos anos, a tendência é que o seu sucessor possa ter os mesmos ingredientes para também ir muito bem na nova geração de consoles.

Como já é de conhecimento geral, o PlayStation 5 terá como alvo jogos com resoluções mais altas do que o PS4 e desempenho com taxas de quadros por segundo bem elevadas, como se estivéssemos jogando em um PC parrudo. Além disso, a biblioteca de jogos do console deve continuar recheada de exclusivos de peso, sejam eles first party ou feitos por outras empresas.

Além disso, quem desejar comprar o novo console da Sony terá disponível duas versões no mercado: o PlayStation 5 convencional, por R$ 4.999 e o Playstation 5 Digital Edition, ou seja, sem a entrada para discos, que custará R$ 4.499.

Com isso em mente, separamos os cinco principais motivos para você comprar um PlayStation 5.

5. Jogos exclusivos

Não é segredo para ninguém que um dos motivos pelos quais o PlayStation 4 teve o sucesso estrondoso de mercado e crítica foi por causa de sua biblioteca de jogos exclusivos. No PlayStation 5 isso não deve ser diferente. Com franquias como Gran Turismo, God of War, The Last of Us, Demon's Souls e Spider-Man, os fãs do console e novos jogadores devem se deleitar com games de muita qualidade.

Além das franquias mencionadas, o console deve desfrutar de outros jogos exclusivos. Um deles será Final Fantasy XVI, que deve trazer de volta as invocações de entidades como Shiva e Ifrit ao primeiro plano. Outro jogo já confirmado e que é muito aguardado é a sequência de Horizon Zero Down, chamado de Horizon Forbidden West.

4. God of War em 2021

Por mais que já tenhamos falado dos jogos exclusivos, God of War merece um capítulo à parte. Na apresentação Playstation Showcase, que aconteceu no último dia 16, a Sony já revelou que o game de Kratos terá uma sequência já em 2021, motivo mais do que suficiente para adquirir o console já no seu lançamento.

God of War: Ragnarok, que será uma sequência direta de God of War (2018), não teve nenhum detalhe revelado, a não ser sua logo e um pequeno teaser na apresentação. O vídeo é extremamente curto e não revela muito do enredo, limitando-se a dizer que “o Ragnarok está chegando” e a reproduzir a voz de Kratos dizendo que “é melhor estar preparado”. Na mitologia nórdica, o Ragnarok é o fim do mundo — evento no qual os deuses iriam lutar contra os gigantes, resultando na destruição e reconstrução do mundo a partir do zero.

3. PlayStation Plus Collection e retrocompatibidade com PS4

Assim que adquirir seu PlayStation 5 o usuário terá à disposição uma novidade: a retrocompatibilidade. Muito criticada por não oferecer o serviço no PS4, a Sony decidiu inserir esse recurso no novo videogame e, desde o lançamento, os jogadores poderão desfrutar de 99% lançada no videogame da geração passada. Portanto, se você tiver uma conta recheada de games comprados para o PlayStation 4, poderá aproveitar.

Além disso, a gigante japonesa anunciou a chegada da PlayStation Plus Collection, uma lista de jogos AAA que foram lançados no PlayStation 4 e que estarão disponíveis para os usuários do PS5 que forem assinantes da PlayStation Plus, o serviço on-line da Sony.

A lista inclui: Batman Arkham Knight, Battlefield 1, Bloodborne, Days Gone, Detroit: Become Human, Fallout 4, Final Fantasy XV, God of War, Infamous: Second Son, Monster Hunter World, Mortal Kombat X, Persona 5, Ratchet and Clank, Resident Evil: Biohazard, The Last Guardian, The Last of Us: Remastered, Uncharted 4: A Thief’s End e Until Dawn.

2. SSD mais rápido

A Sony não cansou de dizer que o centro da experiência do PS5 será o SSD, a nova maneira que os videogames irão armazenar os jogos. No caso do console da Sony, pelo menos nesse componente, ele será o mais rápido: o hardware terá capacidade de 825 GB, com banda de 5,5 GB/s, permitindo taxas de transferência de 8 GB/s a 9 GB/s entre o SSD e o sistema.

Imagem: YouTube/ Sony

Em comparação, o HDD do PlayStation 4 tinha taxa de até 100 MB/s. Isso permite dizer que 2 GB de informação podem ser transportados em um quarto de segundo. Com isso, os jogos no PlayStation 5 devem ter os menores tempos de loading da nova geração.

1. Controle DualSense

Também muito criticado no PlayStation 4, o controle era algo que precisava de uma bela evolução — e ela veio. O DualSense é um periférico que trouxe o maior salto de um videogame para outro em toda a história do PlayStation.

Imagem: Divulgação/ Sony

Entre as novidades, estão um microfone embutido que vai permitir o bate-papo com outros jogadores sem a necessidade de um fone de ouvido, gatilhos adaptáveis com feedback háptico, para que o jogador tenha diferentes sensações enquanto joga, e um botão "Criar" que vai substituir o "Compartilhar".

A barra de luzes na parte superior do controle também será substituída por um LED que fica atrás do touchpad, e a novidade ainda vai chegar com uma bateria de maior duração, sem deixar o controle muito pesado.

Isso sem falar na ergonomia, que está muito mais agradável e que deve permitir mais horas de jogo e sem cansaço.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.