Publicidade

Fortnite não vai rodar no Steam Deck

Por| Editado por Bruna Penilhas | 08 de Fevereiro de 2022 às 12h30

Link copiado!

Divulgação/Epic Games
Divulgação/Epic Games

Um dos maiores jogos da atualidade, Fortnite, vai ficar de fora do Steam Deck, pelo menos no lançamento do computador portátil. É o que afirmou o fundador da Epic Games, Tim Sweeney, em resposta a um jogador por meio do Twitter. O motivo, de acordo com ele, é a baixa compatibilidade do sistema anti-trapaceiros do game quando rodando no portátil da Valve, que usa um sistema operacional baseado em Linux.

De acordo com Sweeney, desenvolvimentos estão em andamento para que o Easy Anti-Cheat seja compatível com o Steam Deck. Mas, por enquanto, a Epic Games não está confiante nos resultados obtidos. Isso também significa que não apenas Fortnite, mas outros games online como Dead by Daylight, Apex Legends, The Division 2 e Gears 5 não rodarão no portátil, já que também utilizam o sistema contra trapaças.

Continua após a publicidade

O "x da questão" é o Proton, uma camada de compatibilidade que permite aos jogos baseados em Windows rodarem na arquitetura Linux do dispositivo. O sistema operacional customizado do Steam Deck é citado por Sweeney como um ponto de atenção, já que em um game do tamanho de Fortnite, essa combinação de diferentes plataformas e dinâmicas poderia colocar em risco o equilíbrio do ambiente online.

Por outro lado, o CEO da Epic Games dispensou as alegações dos fãs de que a ausência de Fortnite no Steam Deck estaria relacionada ao fato de a plataforma, em si, ser de propriedade da concorrência. Segundo o executivo, a empresa ficaria muito feliz se pudesse colocar o game no aparelho da Valve, mas que não se sente da mesma forma quanto às taxas cobradas pela empresa para isso, que podem chegar a até 30% do faturamento.

Foi esse o motivo, por exemplo, que levou a Epic a uma disputa com a Apple, que rendeu a retirada de Fortnite da App Store, com os jogadores no iPhone estando, até hoje, sem o game. A compatibilidade com o Steam Deck, entretanto, é uma questão separada para Sweeney, que manteve a ideia de que o ponto central é a compatibilidade com o Easy Anti-Cheat, que está sendo trabalhado para, quem sabe, conversar melhor com o dispositivo no futuro.

Continua após a publicidade
O Canaltech está no WhatsApp!Entre no canal e acompanhe notícias e dicas de tecnologia

O Steam Deck é o assunto da semana no mercado dos games. O console da Valve promete desempenho de um computador em um formato portátil, dando acesso a uma seleção dos games que o usuário já possui no Steam, além de contar com um acessório que permite ser jogado na televisão, como acontece com o Nintendo Switch. A imprensa internacional já colocou no dispositivo, que começa a ser enviado para quem fez pré-compra ainda em fevereiro.

Fonte: Eurogamer