Crise fará Nintendo reduzir fabricação do Switch

Crise fará Nintendo reduzir fabricação do Switch

Por Lucas Arraz | Editado por Jones Oliveira | 02 de Novembro de 2021 às 18h40
Divulgação/Nintendo

A escassez de semicondutores vai prejudicar a produção da Nintendo no próximo ano fiscal. A empresa vai produzir 20% menos consoles Nintendo Switch nos próximos meses devido à ausência de componentes eletrônicos no mercado. De acordo com o Nikkei, a japonesa planejava fabricar 30 milhões de unidades do console híbrido até março de 2022, mas só será capaz de atingir a marca de 24 milhões.

A ausência de semicondutores é um problema que tornou deficitária a produção e os estoques de diversos aparelhos eletrônicos, entre eles os consoles de nova geração PlayStation 5 e Xbox Series. Na Nintendo. a questão afetará os planos da empresa de aumentar a produção do novo modelo OLED do Switch, lançado em outubro deste ano. A estimativa é que a companhia não consiga suprir a alta demanda pela versão do console.

"Estamos avaliando o impacto em nossa produção", disse um porta-voz da Nintendo, reconhecendo a escassez de chips. O presidente da empresa, Shuntaro Furukawa, havia admitido que a Nintendo não seria capaz de produzir tantos consoles quanto a demanda exigia.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

A questão dos semicondutores ainda pode atrapalhar outra marca importante para a Nintendo. O analista financeiro Piers Harding-Rolls, chefe de pesquisa de jogos da Ampere Analysis, declarou ao Games Industry em julho que acreditava que o Nintendo Switch teria demanda para acumular 155 milhões de unidades vendidas até 2025, tornando-se o videogame mais comercializado da história.

A crise na produção, no entanto, pode impedir que a empresa consiga fabricar consoles o suficiente para acompanhar a demanda. Até junho deste ano, a Nintendo vendeu 89,04 milhões de Switch em todo o mundo. Ainda assim, é provável que o videogame ultrapasse o Wii como o console doméstico mais vendido da marca (101,63 milhões de unidades).

Fonte: Nikkei, Games Industry, Eurogamer

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.