Para salvar o Winamp, petição pede à AOL que player tenha seu código aberto

Por Redação | 27 de Novembro de 2013 às 15h33

Muitos ficaram chocados com a notícia publicada na semana passada anunciando que o Winamp será encerrado em dezembro. Famoso no início da década de 2000, o player se espalhou muito rapidamente e conquistou o coração de inúmeros fãs, que agora lutam para transformá-lo em software de código-fonte aberto.

Um grupo de desenvolvedores se uniu e criou uma petição on-line que pede à AOL, atual dona do Winamp, para transformar o player em software de código-fonte aberto. Caso a petição atinja seu objetivo, o desenvolvimento e suporte ao player passará das mãos da empresa para as da comunidade.

A ideia de criar a petição surgiu depois da AOL não dar nenhuma explicação clara sobre os motivos que levaram ao abandono do Winamp. No entanto, é evidente que a decisão foi tomada porque o player está obsoleto e não acompanhou as mudanças do mercado promovidas, principalmente, pelos concorrentes iTunes e Windows Media Player.

Pode ser que a iniciativa dê certo e a AOL faça como a Oracle, que entregou o OpenOffice.org à Apache Foundation, ou pode ser que não dê e o Winamp simplesmente suma do mapa. De toda forma, se você realmente é fã do Winamp e quer que ele continue vivo, assine a petição.

Caso queira saber mais sobre o grupo de desenvolvedores que criou a petição e entender por que eles acreditam que o Winamp não deve morrer, visite o site do movimento Save Winamp.

Instagram do Canaltech

Acompanhe nossos bastidores e fique por dentro das novidades que estão por vir no CT.