Fla-Flu da final da Taça Rio registra a maior live da história do YouTube

Por Claudio Yuge | 09 de Julho de 2020 às 19h00
FluTV
Tudo sobre

YouTube

Saiba tudo sobre YouTube

Ver mais

Com os desacertos entre rede Globo e Flamengo, a exibição do campeonato estadual do Rio de Janeiro acabou se transformando em transmissões ao vivo no YouTube. Com isso, o time rubro-negro mostrou na FlaTV o confronto contra o Boavista, no dia 1º de julho, e se alcançou o recorde de “maior transmissão esportiva do YouTube no Brasil”, com 2,3 milhões de espectadores simultâneos. Nesta quarta-feira (8), o Fla-Flu da final da Taça Rio não somente superou esses números como também se tornou a maior live da história da plataforma de streaming do Google em todo o mundo.

O Flamengo pretendia dividir a transmissão com o Fluminense, assim, a partida seria mostrada nos canais de YouTube de ambos os times, a FlaTV e o FluTV. Contudo, o tricolor das Laranjeiras conseguiu junto ao Superior Tribunal de Justiça Desportiva o direito de mostrar os lances ao vivo sozinho, já que o mando de campo era dele. Assim, o FluTV, que fazia sua primeira transmissão em tempo real, agregou as duas torcidas, que juntas, registraram um pico de 3,597 milhões de acessos simultâneos na hora da decisão por pênaltis

Reprodução/ESPN

Durante a pandemia do novo coronavírus (SARS-CoV-2), algumas lives de sertanejos já haviam batido recordes mundiais do YouTube, como a de Marília Mendonça (3,31 milhões de acessos simultâneos em 8 de abril) e a de Jorge & Mateus (3,4 milhões, no dia 4 do mesmo mês). Antes disso, o tenor italiano Andrea Bocelli (2,86 milhões no dia 12 de abril) e a banda sul-coreana BTS (2,31 milhões no dia 8 de abril) já haviam “quebrado” o YouTube.

Para os clubes, essa modalidade acabou sendo uma boa. O Fluminense, por exemplo, tinha cerca de 222 mil inscritos antes da partida e fazia campanha para chegar aos 300 mil. Após o Fla-Flu, o canal do YouTube chegou aos 429 mil assinantes e a transmissão da partida acumulou nada menos do que 14,737 milhões de visualizações.

Fonte: ESPN  

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.