Veja a primeira foto colorida de Marte tirada pelo helicóptero Ingenuity

Por Wyllian Torres | 06 de Abril de 2021 às 12h15
NASA/JPL-Caltech
Tudo sobre

NASA

Saiba tudo sobre NASA

Ver mais

Após ser "desdobrado", enquanto estava parcialmente acoplado ao rover Perseverance, o helicóptero Ingenuity fez seu primeiro registro colorido do solo marciano. Na imagem, tirada no último dia 3 de abril, a aeronave ainda se encontrava de baixo do rover, prestes a finalizar sua implantação na superfície de Marte.

E mesmo depois de uma longa viagem na “barriga” do rover, a aeronave ainda enfrentaria um momento crucial para a missão: sobreviver à primeira noite fria no planeta, pois ele estaria por conta própria para se proteger e sobreviver à temperatura noturna de 90 °C negativos na cratera Jezero.

A grande expectativa pela passagem do Ingenuity pela primeira noite em Marte era grande, pois nesse momento seria provada a capacidade de o helicóptero de sobreviver às baixas temperaturas noturnas. Com noites atingindo até 90 °C negativos, essa temperatura é capaz de congelar e danificar componentes elétricos desprotegidos, ou até mesmo danificar a bateria da pequena nave. Mas o helicóptero sobreviveu com sucesso e a equipe considera este como um marco importante para a missão.

O gerente de projeto do Ingenuity no Laboratório de Propulsão a Jato (JPL), da NASA, MiMi Aung explica que agora a equipe tem a informação sobre o isolamento correto, os aquecedores funcionando normalmente e a bateria tem energia suficiente para sobreviver às próximas noites congeladas. “Estamos entusiasmados em continuar a preparar o Ingenuity para seu primeiro teste de voo", acrescenta Aung.

Abaixo, a primeira foto de Marte tirada pelo Ingenuity. Infelizmente, a NASA por enquanto só divulgou uma versão em baixa resolução, mas ainda assim o registro é válido:

Registro feito pela câmera colorida do Inegnuity, até então de baixo do rover Perseverance, no último dia 3 de abril (Imagem: Reprodução/NASA/JPL-Caltech)

Desenvolver uma nave tão pequena como o Ingenuity para caber dentro do rover, ao mesmo tempo em que fosse leve o suficiente para levantar voo na fina atmosfera de Marte, foi um grande desafio. Daqui para frente, o helicóptero será capaz de finalizar seu preparo para o primeiro teste de voo e se manter por conta própria — sem a proteção do Perseverance ou sua energia para alimentar sua bateria. A partir de agora a pequena aeronave alimentará suas baterias com o painel solar localizado em seu topo.

Pelos próximos 30 sóis (ou cerca de 31 dias terrestres), o Ingenuity estará em um período para tentar um primeiro voo e, se tudo ocorrer como o programado, a aeronave repetirá a façanha pelo menos mais três vezes. O objetivo do voo é apenas demonstração de tecnologia — testar nossa capacidade tecnológica de fazer um equipamento voar em outro planeta e comandar tudo à distância. Este feito poderá revolucionar a exploração espacial, uma vez que naves como o Ingenuity podem explorar lugares que um rover não é capaz de acessar.

Fonte: NASA

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.