Turismo espacial em balão: por US$ 125 mil, você poderá ver a curvatura da Terra

Por Patrícia Gnipper | 19 de Junho de 2020 às 18h15
Space Perspective

Dentro de mais ou menos quatro anos, pessoas comuns poderão viajar ao ambiente espacial a bordo de um balão e observar a curvatura de nosso planeta. Quer dizer, caso tenham cerca de US$ 125 mil para esse passeio fantástico. A startup Space Perspective é quem vai fazer isso acontecer — um voo de teste não tripulado está programado para o início de 2021, seguido por um teste tripulado em 2023, com as operações comerciais começando por volta de 2024. Depois disso, os planos são de proporcionar 500 missões por ano antes do final deste década.

A startup é novata, tendo sido revelada ao mundo nesta semana. Fundada em 2019 por Jane Poynter e Taber MacCallum, a empresa está desenvolvendo uma cápsula tripulável chamada Spaceship Neptune, capaz de transportar até oito passageiros e um piloto ao espaço. A subida acontece com um balão de hidrogênio — então nada de imaginar um lançamento com foguete, ou um voo em um misto de avião com espaçonave como é o caso da SpaceShip Two, da Virgin Galactic. Os voos da Space Perspective, por sinal, custarão metade do preço de um assento a bordo da nave da Virgin.

(Imagem: Space Perspective)

Os lançamentos deverão acontecer a partir do Kennedy Space Center, da NASA, e a empresa diz que seu objetivo é proporcionar às pessoas o chamado "overview effect" experienciado por astronautas quando veem a Terra do espaço. Esse termo descreve o sentimento de reflexão que muitas pessoas têm nesses momentos, um misto de admiração pelo nosso planeta, tão singular e especial, com sensações de que, na verdade, somos muito pequenos em meio à vastidão do universo.

(Imagem: Space Perspective)

Além de ver a Terra do alto, o passeio no balão também permitirá que os turistas observem o planeta Netuno no céu noturno depois de duas horas de subida. Além disso, a viagem também pode ser aproveitada por cientistas para a realização de experimentos diversos. Quem estiver por lá, admirará a bela vista através de janelas parabólicas que vão do chão ao teto da cápsula, que também conta com uma cúpula de vidro no topo.

Fonte: Business Insider, Space Perspective

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.