Turistas espaciais também devem ser chamados de astronautas?

Por Patrícia Gnipper | 07 de Março de 2019 às 22h50

O turismo espacial já é quase uma realidade comercialmente falando. A Virgin Galactic, por exemplo, já fez dois voos de teste com sua nave VSS Unity, levando-a à fronteira entre a atmosfera e a área espacial, sendo que, neste segundo voo, além do piloto e do co-piloto também estava a bordo uma passageira fazendo as vezes de um turista. Então, talvez dentro de poucos meses, vários civis já poderão embarcar em viagens turísticas ao espaço, mas aí fica a questão: como esses viajantes serão chamados, já que o termo "astronauta" oficialmente não contempla turistas?

Além da Virgin, outra empresa privada que em breve deve começar seus passeios turísticos ao redor da Terra é a Blue Origin, com sua nave New Shepard. Ambas as empresas levarão até seis passageiros por viagem, e ainda está em debate qual será o nome oficial para esse tipo de viajante. Há regras para se determinar o que é um astronauta, que variam um pouco de acordo com cada país. Por exemplo, astronautas russos são chamados de cosmonautas, enquanto os chineses são taikonautas — e todos precisam passar por extensos treinamentos e são selecionados de acordo com critérios variados, incluindo até mesmo o porte físico.

A Administração Federal de Aviação dos Estados Unidos sugeriu que os pilotos e tripulação dessas naves turísticas sejam oficialmente chamados de "astronautas comerciais", mas o termo ainda não contempla os passageiros que compraram tickets para a viagem — com cada um desses ingressos custando US$ 250 no caso da Virgin Galactic.

Participe do nosso Grupo de Cupons e Descontos no Whatsapp e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.
A nave VSS Unity, que levará turistas à órbita da Terra em breve (Imagem: Virgin Galactic)

Para a empresa, usar o termo "astronauta" para turistas é válido. "Ao longo da história, qualquer humano que tenha voado acima de uma certa altitude, independente de ser orbital ou suborbital, tem sido chamado de astronauta", declarou. A rival Blue Origin concorda, pois os turistas também precisarão passar por treinamentos especiais para fazer a viagem espacial.

E Nicole Scott, astronauta que esteve duas vezes no espaço e passou mais de três meses na Estação Espacial Internacional em 2009, também não vê problemas em chamar turistas de astronautas. "Eu acho que é simples: se eles forem ao espaço, eles serão astronautas", disse. No entanto, ela também acredita que, com o tempo e com mais e mais pessoas comuns indo ao espaço, o termo precisa evoluir, pois quando há muitas pessoas no espaço, pode ser necessário haver uma distinção entre o profissional e o visitante. Terry Virts, outro astronauta da NASA que esteve na ISS, entende que "se alguém se amarra a um foguete e se lança ao espaço e depois sobrevive à reentrada, pousando na Terra, acho que essa pessoa conquistou o título de astronauta".

Vale lembrar que, nos primeiros anos das viagens aéreas, tanto as tripulações de voos comerciais quando os passageiros eram chamados de "aviadores", termo que com o tempo foi remodelado, e algo semelhante pode, então, acontecer com as viagens espaciais à medida em que um número maior de turistas passarem pela experiência, e mais empresas privadas estiverem proporcionando tais viagens.

Oficialmente, a NASA chama de "participante de voo espacial" qualquer pessoa não-astronauta que tenha tido a oportunidade de ir ao espaço. Mas, na visão de Jonathan McDowell, astrofísico da Universidade de Harvard, o termo é "insosso e burocrático e não deve ser usado fora dos memorandos da NASA". Ele também prefere que turistas espaciais sejam chamados de astronautas, adicionando apenas uma palavra que faça a distinção entre os astronautas profissionais e os, de repente, "astronautas particulares". Contudo, é preciso levar em conta o apelo emocional da palavra "astronauta" para pessoas comuns: certamente muitos desses endinheirados que já estão comprando ingressos para visitar o espaço têm entre suas motivações justamente a ideia de se tornarem astronautas, ainda que por apenas alguns minutos. Então, mesmo que pareça algo bobo, a discussão quanto ao termo oficial pelo qual esses viajantes serão chamados é importante, pois dependendo deste título é possível que o turismo espacial se torne ainda mais interessante aos olhos da população geral.

Em inglês, já tem gente querendo chamar esses turistas de "astroNOT" (algo como "astroNÃOta", traduzindo livremente) — mas vamos combinar que este termo não é nada atrativo para o viajante. E você, tem alguma sugestão de como os turistas espaciais deveriam ser chamados oficialmente?

Fonte: ARSTechnica

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.