Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Starliner: nave da Boeing não vai voar com tripulação antes de 2024

Por| Editado por Patricia Gnipper | 07 de Agosto de 2023 às 18h37

Link copiado!

Boeing
Boeing
Tudo sobre Boeing

Parece que vai demorar um pouco para a cápsula Starliner realizar seu primeiro voo tripulado. Nesta segunda-feira (7), oficiais da Boeing e da NASA trouxeram novidades sobre o desenvolvimento da espaçonave, e disseram que ela não deve estar pronta para voar com astronautas a bordo antes de março de 2024.

Steve Stich, gerente do programa Commercial Crew na NASA, afirmou que houve progresso significativo desde a última atualização divulgada sobre a Starliner, em junho. Segundo ele, os avanços incluem um novo projeto dos conectores que unem os paraquedas à nave, e envolve também a remoção de uma fita que revestia o módulo tripulado.

Apesar do trabalho nestas questões, elas se mostraram bastante demoradas. Mark Nappi, gerente de programa da Starliner, declarou que um teste com os novos paraquedas deve acontecer em novembro, mas eles não devem ser entregues antes do início de dezembro.

Continua após a publicidade

Na prática, isso significa que a Starliner não deve ficar pronta até o início de março. “Estamos agora trabalhando com o programa Commercial Crew, da NASA, [com as equipes da] Estação Espacial Internacional e da [provedora de lançamentos] United Launch Alliance sobre possíveis datas de lançamento com base no nosso avanço”, disse Stich.

Mesmo com o cronograma bastante atrasado, os membros da NASA e da Boeing disseram estar confiantes de que a Starliner vai conseguir cumprir todas as missões contratadas por meio do programa — e que isso vai acontecer antes de a Estação Espacial Internacional (ISS) ser destruída.

Originalmente, a Boeing e a NASA planejavam lançar em julho o Teste de Voo Tripulado (ou CFT, na sigla em inglês), levando os astronautas Butch Wilmore e Suni Williams à ISS. No início de junho, ambas anunciaram que o CFT foi adiado devido a problemas recém-descobertos com o sistema de paraquedas da Starliner e seu revestimento.

Fonte: Via: TechCrunch