SpaceX quer finalizar fase de testes beta da internet Starlink em outubro

SpaceX quer finalizar fase de testes beta da internet Starlink em outubro

Por Danielle Cassita | Editado por Patrícia Gnipper | 20 de Setembro de 2021 às 17h00
SpaceX

Desde 2019, a SpaceX vem lançando satélites para a megaconstelação Starlink, criada para oferecer internet de alta velocidade e baixa latência a usuários a todo o mundo. Atualmente, o serviço funciona em um programa de testes beta, mas, de acordo com um tuíte de Elon Musk, CEO e fundador da SpaceX, essa etapa pode estar chegando ao fim.

Em uma publicação feita na rede social na última sexta-feira (17), um usuário perguntou quanto o serviço sairia da fase beta, e Musk respondeu que isso acontecerá "no mês que vem", o que sugere que a fase seria encerrada em outubro. Essa data ocorre dois meses depois de um possível encerramento em agosto, prazo proposto por Musk durante um evento realizado em junho.

Isso sugere que, pelo menos em teoria, o serviço pode chegar mais rapidamente a outros países sem levar consigo o estigma de testes — durante o programa, o serviço era disponibilizado somente para usuários convidados, mas posteriormente foi liberado para mais clientes que tinham que desembolsar US$ 99 para fazer um pedido de uso da rede.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Além disso, se o prazo se cumprir, o lançamento oficial do serviço irá acontecer após a SpaceX anunciar que enviou mais de 100.000 terminais aos seus clientes em kits que incluem antena e roteador. Ao deixar de ser considerada uma rede de testes, mais países podem ter acesso à conexão e o número de terminais enviados aos usuários deverá aumentar. A expectativa da SpaceX é chegar a 500.000 usuários em 12 meses.

O kit que os usuários recebem para acessar a rede Starlink (Imagem: Reprodução/SpaceX)

Até o momento, a SpaceX já lançou mais de 1.700 satélites Starlink à órbita, e espera chegar a até 42.000 unidades para oferecer cobertura a todo o mundo. Para utilizá-la, os interessados devem adquirir o kit do terminal e pagar uma taxa mensal de US$ 99.


Fonte: The Verge, Engadget, Business Insider

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.