SpaceX faz primeiro teste de ignição estática com motores do Starship SN20

SpaceX faz primeiro teste de ignição estática com motores do Starship SN20

Por Danielle Cassita | Editado por Patrícia Gnipper | 22 de Outubro de 2021 às 10h39
SPadre.com

Após uma breve ativação dos motores do protótipo SN20, do veículo Starship, a SpaceX seguiu com mais procedimentos em preparação para um teste de voo orbital, que ainda não tem data para acontecer. Durante a noite de quinta-feira (21), às 21h16 no horário de Brasília, a empresa realizou um rápido teste de ignição estática com o par de motores Raptor, instalados no protótipo do foguete. O procedimento foi realizado nas instalações da SpaceX em Starbase, próximo de Boca Chica, no Texas.

O SN20 conta com um motor padrão “nível do mar”, enquanto o outro é uma espécie de “versão de vácuo”, otimizada para operação no espaço. Durante o início do teste, somente um pareceu ter sido usado; cerca de meia hora após a ativação, a SpaceX confirmou em uma publicação no Twitter que o motor a vácuo foi ativado. Segundo a empresa, este foi o primeiro teste de um motor Raptor de vácuo integrado ao veículo.

Já às 22h18, um segundo teste aconteceu, ainda mais potente e brilhante que o outro — apesar de não haver informações oficiais da SpaceX, este novo teste pareceu ter envolvido os dois motores Raptor. Ambos os procedimentos foram realizados em preparação a um teste de voo orbital, no qual o protótipo SN20 e o propulsor Booster 4 (B4) serão lançados das instalações de Starbase. Depois, o B4 retornará para realizar uma amerissagem no oceano do Golfo do México, a cerca de 32 km do local de lançamento, enquanto o SN20 seguirá à órbita para pousar na ilha havaiana de Kauai. 

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

A SpaceX planeja lançar este teste de voo em breve, mas, devido a análises em andamento, o cronograma acaba não dependendo somente da empresa. Atualmente, a Federal Aviation Administration (FAA), agência reguladora de voos nos Estados Unidos, está realizando uma avaliação ambiental do local de lançamento do Starship e, embora tenha publicado uma versão preliminar do relatório, mais trabalho precisa ser feito. A instituição aceitará comentários públicos sobre o rascunho até o dia 1º de novembro e, depois, irá adicioná-los ao relatório final.


 

Fonte: Space.com

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.