SpaceX começa a instalar novos motores em protótipo do Super Heavy

SpaceX começa a instalar novos motores em protótipo do Super Heavy

Por Wyllian Torres | Editado por Rafael Rigues | 19 de Maio de 2022 às 12h13
NASASpaceflight

A SpaceX começou a montar os novos motores Raptor 2 no protótipo do foguete Super Heavy, após uma série de testes que levaram o lançador de volta à fábrica da empresa no sul do Texas, a Starbase. O primeiro teste de voo orbital do novo foguete, combinado com a espaçonave Starship, está previsto para junho deste ano.

Ainda no início deste mês, a SpaceX levou o Booster 7, com 67 metros de altura, do local de lançamento orbital (OLS) de volta para suas instalações após algumas falhas durante testes. Uma vez solucionadas estas falhas, a empresa voltou a verificar se o booster está funcionando normalmente.

O teste criogênico consistiu em encher totalmente os tanques com 3 mil toneladas de nitrogênio líquido e oxigênio. Menos de dois dias depois, o Booster 7 passou por outra verificação mantendo um bom ritmo. Em 13 de maio, o Super Heavy B7 foi levado de volta à fábrica da empresa.

A rapidez no teste sugere dois cenários: o lançador pode ter apresentado novas falhas e foi levado de volta à fábrica ou a operação pode ter sido um sucesso e concluída rapidamente. É mais provável o segundo contexto, porque senão a SpaceX não teria completado o teste criogênico em menos de 48 horas.

Ainda assim, a SpaceX moveu um suporte de instalação do motor Raptor para o Booster 7 e a montagem de lançamento orbital pouco antes de iniciar os testes. Isto pode significar que a empresa começou a instalar os motores logo após a conclusão do teste criogênico.

Possíveis cenários

Não há como ter certeza sobre isto, porque ainda no meio do teste, o suporte foi levado ao local de armazenamento e o Super Heavy voltou à fábrica. Mas no dia 17 de maio, dois dos três motores Raptor foram avistados, rotulados como “E26” e “E28”.

O Booster 7 em sua segunda viagem ao local de construção da Starbase (Imagem: Reprodução/NASASpaceflight)

Se a nomenclatura não mudou, estes rótulos indicam que estes motores fazem parte do conjunto de 20 motores Raptor que farão parte do anel externo da traseira do Super Heavy B7. Isto também sugere que a SpaceX teria decidido completar o conjunto de 33 destes motores antes de realizar o teste de disparo estático.

Em vez de realizar um teste com apenas um ou três motores instalados, a SpaceX parece ter arriscado perder 33 novos motores Raptor 2 para realizar o teste de disparo estático com mais rapidez. Isto também ajudaria o Booster 7 a não cair no mesmo dilema do Booster 4, que passou meses sem um único teste.

Se a decisão da SpaceX funcionar, o Super Heavy pode ficar pronto para realizar o 1º teste de voo orbital muito em breve. Senão, a empresa seguirá o trabalho com o protótipo seguinte, o Booster 8. Não está claro quanto tempo levará para todos os 33 motores Raptor serem instalados, além do escudo térmico.

Recentemente a SpaceX solicitou o fechamento das estradas próximas à Starbase para três oportunidades de testes de 12 horas do dia 23 a 25 de maio. Mas, até agora, a empresa não divulgou nenhuma informação confirmando o teste de voo orbital nestas datas.

Fonte: Via Teslarati.com

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.