Publicidade

Rocha "macia demais" pode ter impedido rover Perseverance de coletar amostra

Por| Editado por Patricia Gnipper | 12 de Agosto de 2021 às 10h32

Link copiado!

NASA/JPL-Caltech/MSSS
NASA/JPL-Caltech/MSSS
Tudo sobre NASA

Na semana passada, o rover Perseverance tentou realizar a primeira coleta de amostras de sua missão. O solo foi perfurado conforme o esperado e tudo pareceu correr bem, mas os dados enviados para a equipe mostraram que não houve material armazenado. Com as informações, a equipe do rover deu início uma investigação para entender o que poderia ter acontecido, e concluíram que, talvez, a coleta não tenha acontecido conforme o planejado porque o rover perfurou uma rocha estranhamente frágil.

O Perseverance conseguiu realizar uma perfuração de 8 cm no solo, uma profundidade adequada. Contudo, os dados da cavidade perfurada mostraram que, talvez, as propriedades da rocha sejam as culpadas. O rover tentou coletar amostras de uma rocha de estrutura pouco comum, que resultou em poeira e fragmentos tão pequenos que não puderam ser retidos no tubo por serem pequenos demais. Por isso, a rocha pareceu não ser robusta o suficiente para produzir um núcleo, e esta parte, em específico, deve ter ficado no fundo da perfuração, ou na pilha de cascalhos resultada do procedimento. Ou, talvez esteja em ambos.

Continua após a publicidade

Louise Jandura, engenheira chefe de coleta de amostras e armazenamento no Laboratório de Propulsão a Jato, da NASA, explica que o hardware seguiu os comandos, mas a rocha não colaborou com o procedimento. “Isso me lembra, mais uma vez, da natureza da exploração: resultados específicos nunca são garantidos, não importa o quanto você os prepare”, disse. Agora, o Perseverance está seguindo viagem com destino ao seu próximo local de coleta de amostras, que também faz parte da região de South Seitah, na cratera Jezero, que será o local mais distante já explorado desta etapa da campanha científica.

A nova tentativa de coleta deverá acontecer no início de setembro, e poderá trazer resultados mais animadores. Felizmente, as imagens obtidas pelo Perseverance somadas àquelas do helicóptero Ingenuity, mostram que o veículo deverá encontrar rochas sedimentares, que devem corresponder melhor àquilo que os testes na Terra mostraram. Ao longo da missão do rover, a expectativa é que o veículo colete cerca de 35 amostras, que serão armazenadas em tubos que, depois, serão coletados por uma missão realizada através de uma parceria entre a NASA e a Agência Espacial Europeia.

Fonte: NASA