Reino Unido revela seu 1º foguete reutilizável com tecnologia 100% nacional

Reino Unido revela seu 1º foguete reutilizável com tecnologia 100% nacional

Por Wyllian Torres | Editado por Rafael Rigues | 12 de Maio de 2022 às 10h00
Orbex

A empresa Orbex, sediada no Reino Unido, acaba de relevar seu foguete reutilizável projetado para levar pequenos satélites (pesando até 150 Kg) à órbita a partir do território inglês. Batizado de Prime, o novo lançador marca uma nova fase para a indústria de lançamentos do país e se destaca por ser um dos primeiros a utilizar combustíveis mais sustentáveis.

Conforme divulgado nesta quarta-feria (11) pelo governo britânico, a Agência Espacial do Reino Unido (BNSC) investiu um total de 5,5 milhões de euros no desenvolvimento do foguete, como parte dos esforços do país para lançar pequenos satélites a partir de centros de lançamento nacionais, reduzindo sua dependência em parceiros e tecnologia do exterior.

Um protótipo do foguete foi integrado a uma nova plataforma de lançamento recém-concluída. Lá, a Orbex, realizará uma série de testes integrados, incluindo ensaios gerais para avaliar o sistema de lançamento e todos os procedimentos envolvidos.

Recentemente, a Orbex revelou a conclusão de sua primeira plataforma de testes no novo espaçoporto Space Hub Sutherland, localizado na costa norte da Escócia. É o primeiro espaço para lançamentos do Reino Unido a se comprometer em ser neutro em carbono desde sua construção até seu funcionamento.

O Space Hub Sutherland é apenas um dos sete potenciais centros de lançamento do país, o que movimentará ainda mais a economia do setor espacial do Reino Unido. O paíse tem planos para se tornar o líder da Europa neste tipo de lançamento.

Como é o foguete Prime

O Prime é um foguete de dois estágios com 19 metros de altura que conta com sete motores para decolar — também produzidos em território britânico. No primeiro estágio, seis motores fornecem o impulso necessário para levar o foguete a uma altitude de 80 km.

Protótipo do foguete Prime integrado ao Space Hub Sutherland (Imagem: Reprodução/Orbex)

Já o segundo estágio usa apenas um motor para completar sua jornada até órbita baixa da Terra (LEO) para implantar os pequenos satélites. Chris LArmour, CEO da Orbex, explicou que para garantir o desempenho e sustentabilidade ambiental do foguete um grande número de inovações foram necessárias.

No ano passado, a empresa informou que o foguete é movido a biopropano, um combustível que produz até 86% menos emissões de carbono em comparação aos combustíveis fósseis usados em foguetes de tamanho similar. O Prime também é um foguete reutilizável, projetado para deixar zero detritos em órbita.

Para efeitos de comparação, em um único lançamento o foguete produzirá cerca de 13,8 toneladas de gases de efeito estufa, o equivalente ao que um cidadão britânico médio emite a cada ano.

Fonte: GOV.UK

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.