Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

O que é UAP? Conheça os Fenômenos Anômalos Não Identificados

Por| Editado por Patricia Gnipper | 27 de Julho de 2023 às 18h59

Link copiado!

Albert Antony/Unsplash
Albert Antony/Unsplash

Você conhece os UAPs? A sigla em inglês significa "Unidentified Anomalous Phenomena", ou Fenômeno Anômalo Não Identificado, em bom português. Como o nome indica, o termo se refere a observações de fenômenos que não podem ser explicados imediatamente — muitos não sendo explicados nunca.

Os avistamentos de objetos no céu sem explicação aparente não são recentes. Os antigos gregos e romanos, por exemplo, interpretavam os cometas e meteoros como sinais que indicariam algo bom ou ruim que havia acontecido ou iria acontecer.

Já na década de 1940, o aviador e empresário norte-americano Kenneth Arnold afirmou ter visto luzes brilhantes no céu. Alguns jornais descreveram tais luzes como discos voadores, e não demorou muito para a expressão ser amplamente adotada pelo público.

Continua após a publicidade

O que são Fenômenos Anômalos Não Identificados?

Originalmente, o nome UAP significava fenômenos aéreos não identificados. Isso mudou em 2022, ano em que o Pentágono, a sede do Departamento de Defesa dos Estados Unidos, passou a usar a expressão para se referir aos fenômenos anômalos não identificados.

Mas, afinal, o que significa tudo isso? Basicamente, ambas as expressões se referem ao avistamento de algo que não parece ter explicação. Tais avistamentos podem ser de luzes ou de objetos, e muitos deles foram relatados por militares norte-americanos.

Apesar de parecerem misteriosas, muitas destas aparições vêm de processos naturais e objetos conhecidos, como balões meteorológicos, lanternas, aviões refletindo a luz solar, entre outros. Mesmo assim, uma pequena parte delas permanece sem explicação.

Vale lembrar que isso não significa que os UAPs tenham relação com vida extraterrestre. Na verdade, a preocupação com a origem deles se deve muito mais à possibilidade de alguma nação rival ter tecnologias avançadas, com potenciais riscos para a segurança nacional.

Qual é a diferença entre OVNIs e UAPs?

Os fenômenos aéreos que não parecem ter causa identificável também podem ser chamados de OVNIs, sigla de objeto voador não identificado. Na década de 1950, a Força Aérea dos Estados Unidos cunhou a expressão UFO (abreviação de unidentified flying object), usada para descrever estes avistamentos.

Continua após a publicidade

Na época, a Força Aérea chamava de UFOs os objetos que permaneciam sem explicação mesmo após análises de especialistas. Com o tempo, os OVNIs e UFOs se tornaram termos que, muitas vezes, são usados como sinônimos de possíveis formas de vida alienígena.

Até o momento, não foram encontradas evidências de vida extraterrestre e nem de que tais objetos tenham relação com seres de outros mundos. Por isso que, oficiais dos Estados Unidos e cientistas vêm usando a sigla UAP, promovendo uma separação das especulações sobre a possibilidade de estas ocorrências terem relação com seres extraterrestres.

Como há poucas observações e registros dos UAPs em alta qualidade, é difícil para os cientistas chegarem a conclusões sobre a origem deles. Mesmo assim, os objetos seguem sendo investigados por pesquisadores e agências espaciais.