NASA desafia estudantes a descobrirem como lidar melhor com a poeira lunar

NASA desafia estudantes a descobrirem como lidar melhor com a poeira lunar

Por Danielle Cassita | 23 de Julho de 2020 às 13h45
NASA

A edição de 2021 do Breakthrough, Innovative and Game-changing (BIG) Ideas Challenge, da NASA, será destinada a buscar soluções criativas para resolver o problema da poeira lunar, que se espalha facilmente e pode causar diversos danos durante as missões. O desafio está aberto para alunos de escolas e universidades dos Estados Unidos, que poderão formar equipes com até 25 membros para desenvolver as ideias.

Acontece que a poeira lunar é pegajosa, e fica tão impregnada que torna difícil planejar estadias mais longas na Lua - tanto que Buzz Aldrin, astronauta da Apollo 11, reportou à NASA que, quanto mais tempo se passa na Lua, mais se fica coberto de poeira do capacete aos pés. Além disso, a poeira lunar é abrasiva e pode danificar os trajes espaciais e equipamentos. A poeira oferece, ainda, riscos à saúde: se ela entrar nos habitats dos astronautas, partículas de poeira semelhantes ao vidro podem alcançar os pulmões.

(Imagem: NASA)

Assim, a ideia é coletar ideias de como remover essas partículas indesejadas ou pelo menos tornar superfícies impermeáveis a ela. Para Niki Werkheiser, executiva do programa Game Changing Development, “essa competição dá aos estudantes uma oportunidade sem precedentes, como membros da geração Artemis, de ajudarem a superar os obstáculos historicamente desafiadores e técnicos da redução da poeira lunar”.

No ano passado, cientistas da NASA exibiram uma tecnologia que poderia dissipar as cargas elétricas nos componentes das naves, o que poderia remover a poeira. “Lidar com a poeira lunar vai exigir aproximações incrivelmente criativas e inovadoras. Colaborar com a geração Artemis através do desafio de ideias BIG é uma iniciativa estratégica para estimular esse tipo de inovação”, explica Drew Hope, gerente do programa Game Changing Development no Centro de Pesquisa Langley, da NASA.

Agora, o desafio é dos estudantes. A agência espacial oferece um prêmio de até U$ 180.000 para cinco a dez equipes finalistas, que serão escolhidas por jurados. Essas equipes poderão apresentar suas soluções em um painel do fórum BIG Idea no ano que vem, composto por especialistas da NASA e da indústria aeroespacial, para mostrarem a eficácia das soluções que encontraram.

Fonte: NASA

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.