Missão japonesa levará câmera 8K para registrar imagens das luas de Marte

Por Danielle Cassita | 11 de Setembro de 2020 às 21h30

No ano passado, a agência espacial japonesa JAXA começou a desenvolver a missão Martian Moons eXploration (MMX) para visitar as luas marcianas e estudar suas origens. A missão deverá ser lançada em 2024 e, agora, sabemos que ela terá um componente especial: junto da emissora japonesa NHK, a agência está trabalhando na câmera Super Hi-Vision Camera, para realizar filmagens em 4K e 8K no espaço para a MMX.

A missão MMX irá orbitar a lua Fobos para coletar dados e amostras para estudos sobre a origem das luas e o processo evolutivo do sistema marciano. A MMX é uma missão de retorno de amostra, que irá conduzir observações científicas das luas Fobos e Deimos e de Marte, além de pousar em Fobos para coletar amostras de sua superfície para levar para a Terra. Se tudo correr bem no projeto, esta será a primeira vez na história onde imagens de Marte e das luas Fobos e Deimos serão feitas de perto e em 8K, uma resolução incrivelmente alta. Ao combinar os dados reais obtidos pela MMX com as imagens produzidas pela Hi-Vision Camera, será possível praticamente recriar o que a MMX explorou nos arredores do Planeta Vermelho e suas luas. 

Então, a NHK está trabalhando no desenvolvimento da câmera para acompanhar os desafios que a MMX irá enfrentar — na mais alta definição, claro — e transmiti-los em parceria com a JAXA. Para garantir uma imagem suave na Terra, as imagens coletadas em intervalos regulares serão transmitidas parcialmente, enquanto os dados originais ficarão armazenados em um dispositivo de gravação da MMX e serão enviados de volta à Terra na cápsula de retorno da nave. 

Ao filmar a missão no sistema marciano a 300 milhões de quilômetros da Terra com a câmera Super Hi-Vision Camera, a JAXA e NHK estarão mostrando detalhadamente um novo horizonte nunca visto antes. Na década de 1990, a JAXA e a NHK já realizaram a transmissão de imagens de missões espaciais. O diferencial desta vez está na tecnologia envolvida para registrar as imagens em 8K, que foi criada com a expertise acumulada em experiências passadas.

Fonte: JAXA, MMX

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.