Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Meteoros iluminaram o céu de 4 estados brasileiros nos últimos dias; confira

Por| Editado por Rafael Rigues | 13 de Abril de 2022 às 11h53

Link copiado!

Captura de Tela/Clima ao Vivo
Captura de Tela/Clima ao Vivo

Meteoros brilhantes cruzaram os céus de algumas cidades dos estados de Goiás, Paraná, Santa Catarina e São Paulo entre os dias 9 e 13 de abril. Os vídeos, compartilhados nas redes sociais e obtidos por câmeras de monitoramento, indicam que os objetos eram bólidos — pedaços de rocha espacial que queimam por mais tempo durante sua entrada na atmosfera.

Por volta das 22h16 (horário de Brasília) do último dia 9, os moradores de Goiás se surpreenderam com uma grande bola de fogo cruzando o céu noturno. Os vídeos revelam dois momentos de brilho intenso e uma visível fragmentação do objeto que, ao que tudo indica, era uma rocha espacial.

Continua após a publicidade

Estima-se que o asteroide tinha 3 metros de diâmetro, a julgar pelo brilho do objeto cruzando o céu. Moradores dos municípios goianos de Goiânia, Aparecida de Goiânia e Anápolis relataram um clarão mais forte do que o brilho da Lua cheia, seguido de uma explosão e um tremor de terra.

As explosões e fragmentação contribuem para caracterizá-lo como um bólido, que normalmente explode pouco antes de atingir a superfície. É bem possível que parte dessa rocha tenha alcançado o chão como um meteorito.

Já no dia 11 de abril, foi a vez dos estados mais ao sul do Brasil de observarem um fenômeno semelhante. Por volta da 01h34, as câmeras do Clima ao Vivo e da Rede Brasileira de Monitoramento de Meteoros (Bramon) registraram um meteoro atravessando os céus de São Paulo, Paraná e Santa Catarina. Segundo análise da Bramon, a rocha espacial mergulhou na atmosfera em um ângulo de 62°.

Em São Paulo, o meteoro foi observado dos municípios de Pardinho, Canitar, Sorocaba e da capital paulista. No Paraná, o fenômeno cruzou os céus de Curitiba, Ipiranga, Teixeira Soares e Telêmaco Bora. Por fim, em Santa Catarina ele foi visto no município de Monte Castelo.

O brilho do meteoro começou quando ele estava a uma altitude de 83 km acima do município paranaense de Ipiranga, até se apagar sobre o município de Teixeira Soares, a 40 km de distância, a uma altitude estimada em 38 km. A Bramon informou que a rocha espacial atingiu uma velocidade de 82.800 km/h.

Continua após a publicidade

Outro bólido foi registrado pela câmera sul da estação de Monitoramento de Monte Castelo (vídeo acima) nesta terça (13), por volta das 00h47. De acordo a Bramon, o objeto celeste começou a brilhar quando estava sobre o município catarinense de Curitibano, apagando-se dois segundos depois, perto do município de Anitta Garibaldi, ainda em Santa Catarina.

Fonte: Clima ao Vivo, Via Galeria do Meteorito