Maior depósito de poeira em Marte é fotografado pela sonda Mars Express

Maior depósito de poeira em Marte é fotografado pela sonda Mars Express

Por Wyllian Torres | Editado por Patrícia Gnipper | 24 de Fevereiro de 2022 às 14h16
ESA/DLR/FU Berlim

O maior depósito sedimentar de Marte foi registrado pela sonda Mars Express, da Agência Espacial Europeia (ESA). Conhecida como Formação Medusae Fossae (MFF), esta é a maior fonte de poeira do Planeta Vermelho, cobrindo uma área de 5 km.

A formação, nomeada em referência à criatura da mitologia grega Medusa, está localizada ao longo da fronteira entre as terras altas do sul marciano e as terras baixas do norte do planeta. Nessa mesma região ficam os vulcões mais proeminentes de Marte: Tharsis e Elysium.

Os dados que compõem a imagem foram coletados no dia 14 de maio de 2021 pela sonda Mars Express (Imagem: Reprodução/ESA/DLR/FU Berlin)

Apesar do nome, a formação revela a beleza da dinâmica dos ventos marcianos capazes de moldar a extensa paisagem. Da órbita, a MFF parece um deserto, mas a superfície contém cumes e sulcos (chamados yardangs) escavados pelos ventos.

Além disso, a região abriga diversas pequenas depressões, como é possível observar no canto inferior direito da imagem. Cientistas acreditam que a MFF tenha se formado como um resultado do vento carregando o material na superfície marciana.

Região de cinzas vulcânicas em Marte

Próximo à região na qual se encontra o depósito sedimentar, fica o Monte Olimpo, o maior de todos os vulcões do Sistema Solar. Por isso os pesquisadores acreditam que a MFF seja formada principalmente por cinzas vulcânicas liberadas pelos vulcões, depositadas pelo ar ou por rápidos fluxos de lava, gás e detritos.

Mapa topográfico da formação Medusae Foassae, onde as partes mais baixas estão em azul e as mais altas em vermelho (Imagem: Reprodução/ESA/DLR/FU Berlin)

As observações topográficas da paisagem também demonstram uma recente mudança na elevação da superfície. Segundo a equipe da ESA, a erosão eólica na paisagem é relativamente recente, pois poucas crateras são observadas ao longo da extensão.

Os ventos marcianos são os maiores escultores das paisagens do Planeta Vermelho, como é o caso das formações Nili Fossae, Arabia Terra, Syrtis Major, dunas do sul e a cratera Schiaparelli, regiões moldadas pelo vento e registras pela sonda Mars Express.

Lançada em 2003, há quase 20 anos a sonda Mars Express orbita Marte enquanto explora as características da superfície e parte da geologia do planeta.

Fonte: ESA, Via Space.com

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.