Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Elon Musk traz novidades de planos para levar humanos a Marte

Por| Editado por Luciana Zaramela | 10 de Abril de 2024 às 17h58

Link copiado!

SpaceX
SpaceX
Tudo sobre SpaceX

Elon Musk, CEO da SpaceX, trouxe algumas novidades sobre os planos de transformar a humanidade em uma espécie multiplanetária. No sábado (6), em Starbase, ele falou sobre o desenvolvimento do foguete Starship e destacou o que chamou de “grande urgência de levar a luz da consciência para além da Terra”.

Ao longo de 45 minutos de apresentação, Musk falou sobre o propulsor Super Heavy, do Starship, e os planos para levar milhões de toneladas de cargas a Marte. Ele destacou que a SpaceX já passou dos 320 lançamentos espaciais neste ano com foguetes Falcon — e 80% deles contaram com propulsores usados pelo menos uma vez. 

Ainda, Musk afirmou que, neste ano, a SpaceX vai ser responsável por 90% da massa enviada à órbita terrestre. Para comparação, a China representa apenas 6% da massa dos objetos enviados à órbita, enquanto o restante do mundo compõe os outros 4%.

Continua após a publicidade

Esta performance parece ter tornado-o confiante de que o propulsor Super Heavy pode ser reutilizado. O próximo teste de voo do Starship deve acontecer em maio e promete ser mais ambicioso que os anteriores: desta vez, a empresa vai tentar pousar o Super Heavy em uma torre virtual no Golfo do México. Se o pouso tiver precisão suficiente, vão tentar agarrá-lo com mecanismos instalados nela

Já o Starship, o estágio superior do foguete homônimo, precisa mostrar que pode resistir ao calor da reentrada pela atmosfera, sendo capaz também de um pouso controlado no oceano. Durante o terceiro teste de voo, o veículo se rompeu e foi queimado na reentrada atmosférica.

Aliás, o foguete deve receber algumas atualizações. Segundo Musk, o “Starship 2” deve ser maior, e quando estiver totalmente reutilizável, vai poder levar 100 toneladas à órbita baixa da Terra, enquanto o Starship 3 promete medir 150 m de altura e lançar 200 ou mais toneladas — ou seja, 20% maior que o foguete atual, que já é considerado o maior do mundo quando está na configuração completa. 

Humanos em Marte

Estes projetos fazem parte do objetivo principal de levar humanos para Marte e transformar a humanidade em uma espécie multiplanetária. Musk estima que vai ser preciso uma população de um milhão de pessoas e várias toneladas de suprimentos para estas pessoas poderem cultivar e construir o que for preciso para tornar a estadia autossustentável.

Para isso, seriam necessários 10 lançamentos por dia e o envio de centenas de veículos ao Planeta Vermelho. E, claro, eles seriam enviados durante a janela de maior proximidade entre a Terra e Marte, que se abre a cada 26 meses.

Continua após a publicidade

Esta não é a primeira vez que Musk apresenta um cronograma para levar humanos a Marte, e muitos veem tais colocações com incredulidade. Por outro lado, a SpaceX vem mostrando grandes avanços no desenvolvimento do foguete Starship, de modo que tais planos podem não estar tão distantes da realidade.

Fonte: SpaceX