Eclipse lunar total: veja fotos incríveis da "Lua de Sangue"

Eclipse lunar total: veja fotos incríveis da "Lua de Sangue"

Por Danielle Cassita | Editado por Rafael Rigues | 16 de Maio de 2022 às 11h39
NASA/YouTube

O primeiro eclipse lunar total do ano ocorreu durante a madrugada de segunda-feira (16), e pôde ser observado em todo o Brasil. O fenômeno durou cerca de cinco horas no total, e quem o acompanhou conferiu a Lua ficando com uma cor avermelhada enquanto estava dentro da sombra da Terra.

De forma bem resumida, podemos dizer que os eclipses lunares ocorrem quando a Terra fica entre o Sol e a Lua, bloqueando a luz solar e projetando sombra na superfície do nosso satélite natural. Dependendo do alinhamento entre os astros, o eclipse lunar poderá ser total, parcial ou penumbral.

No caso, o fenômeno que ocorreu nesta semana foi um eclipse lunar total. Todo o disco lunar ficou na umbra (a sombra mais interna e escura projetada por nosso planeta) terrestre. Ao contrário do que acontece com o Sol durante um eclipse solar total, a Lua sempre fica visível durante os eclipses lunares totais, mas sua aparência se torna muito mais intrigante.

Esquema da posição da Lua, em meio à umbra (Imagem: Reprodução/Astronomy/Roen Kelly)

Lembra que mencionamos a umbra? Pois bem, durante o eclipse, a Lua "mergulha" nela. E conforme isso acontece, sua cor muda. Isso ocore por causa da atmosfera terrestre, que filtra a pouca luz solar que consegue passar e bloqueia comprimentos de ondas menores, como o azul e violeta, por exemplo. Já o vermelho e laranja têm comprimentos de onda mais longos e conseguem atravessar a atmosfera, conferindo os tons avermelhados na Lua.

Próximos espetáculos no céu

Vale a pena continuar de olho no céu, pois há uma bela chuva de meteoros a caminho. A chuva Tau-Herculídeas pode trazer milhares de meteoros gerados por fragmentos do cometa 73P/Schwassman-Wachmann 3, que podem ser observados no hemisfério sul durante a madrugada do dia 31 de maio e na noite do dia 25 para 26 de junho.

Já o próximo eclipse lunar total acontecerá no dia 8 de novembro, mas a má notícia é que o fenômeno não será visível em grande parte do território brasileiro. No dia 25 de outubro, haverá um eclipse solar parcial visível em algumas regiões do planeta, como Europa e Ásia.

As melhores fotos do eclipse lunar total

Além de serem fascinantes, os eclipses lunares são fenômenos para todos acompanharem: afinal, eles são visíveis tanto em regiões urbanas quanto rurais, não exigem equipamentos sofisticados para serem observados e duram algumas horas. Mesmo assim, caso você não tenha conseguido acompanhar o eclipse na sua região, pode conferir fotos incríveis do fenômeno abaixo:

Fonte: NASA

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.