Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Destaque da NASA: céu após pôr do Sol é a foto astronômica do dia

Por| Editado por Luciana Zaramela | 28 de Fevereiro de 2024 às 15h41

Link copiado!

Dario Giannobile
Dario Giannobile

Já se perguntou como seria ver as etapas de escurecimento do céu após o pôr do Sol? Pois é o que a foto destacada pela NASA nesta quarta-feira (28) mostra. A imagem é uma composição feita de 20 fotos, que quando são vistas da esquerda para a direita, revelam as mudanças no horário do crepúsculo. 

Cada uma das fotos foi tirada na direção oposta à do Sol. No lado esquerdo, está a parte superior do céu antes do nosso astro se pôr; já em direção à direita, aparece a faixa colorida do Cinturão de Vênus, que é uma área de transição entre o céu iluminado e a parte escura dele.

Confira:

Continua após a publicidade

À esquerda e direita do centro da foto, estão faixas em tons azulados e avermelhados, respectivamente. A do lado esquerdo indica a primeira sombra da Terra, e da direita, a segunda sombra.

As cores delas aparecem conforme a sombra da Terra sobe pelo céu, e são causadas pela refração e reflexão da luz. Como estas faixas são bastante difusas, é difícil diferenciar suas cores no céu. 

Saiba mais sobre o crepúsculo e pôr do Sol

Continua após a publicidade

O Cinturão de Vênus e outros fenômenos da foto acima ocorrem antes ou depois do Sol se pôr. Mas, um pouco antes do nosso astro mergulhar ou subir sobre o horizonte, ocorre o crepúsculo. 

Trata-se do momento em que há alguma luz no céu quando o Sol ainda está escondido sob o horizonte. Devido à atmosfera da Terra, cores fascinantes aparecem no céu durante o crepúsculo. Se a atmosfera não existisse por aqui, o céu ficaria escuro logo após o astro mergulhar abaixo do horizonte. 

Existem o crepúsculo civil, náutico e astronômico, que variam dependendo de quantos graus o Sol está abaixo do horizonte. Todos acontecem em um período de 24 horas entre o dia e a noite, e se repetem na ordem inversa entre a noite e o dia. 

Fonte: APOD