Por que o pôr do Sol está tão sensacional nos últimos dias? Veja fotos!

Por Patrícia Gnipper | 15 de Abril de 2020 às 18h57
Paloma Velo/Canaltech

No fim da tarde de terça-feira (14), testemunhamos um pôr do Sol de tirar o fôlego — o que se repetiu nesta quarta (15). Por isso, muita gente está com a pulga atrás da orelha se questionando sobre as razões que explicam esse céu maravilhoso e repentino, em tons intensos de vermelho e alaranjado. E a gente foi atrás da resposta.

Na verdade, todos os anos, no outono, vemos entardeceres lindos como esses dos últimos dias. É algo típico desta época do ano, mas, agora em 2020, alguns fatores acabaram intensificando o fenômeno. Entre eles está, como era de esperar, a quarentena imposta pelo novo coronavírus. E não estamos falando da redução notável nos níveis de poluição dos céus — na verdade, a poluição ainda está presente, em especial em grandes centros urbanos e, ainda que reduzida, ela tem papel fundamental na exibição das cores vívidas que acabamos vendo. E, claro, neste período de longo isolamento, as pessoas estão prestando mais atenção às pequenas (ou nem tão pequenas assim) belezas do dia a dia — o que inclui a natureza.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Agora vamos à explicação científica da coisa. Conforme explica a meteorologista Joselia Pegorim, do Instituto Climatempo, o céu em várias das grandes cidades brasileiras tem estado com uma coloração esbranquiçada durante o dia, e isso nada mais é do que uma intensa camada de nuvens médias e altas, com os raios solares não conseguindo ultrapassar demais essa barreira. Eis que, quando o Sol começa a se pôr, chegando à linha do horizonte, seus raios são refletidos na parte de baixo dessas nuvens. E com uma concentração de raios acima do habitual ali, as cores do pôr do Sol ficam mais intensas.

E onde entra a poluição nessa história? “Com o Sol já baixando no horizonte, os raios solares chegavam bem inclinados atravessando uma camada maior da atmosfera, onde se concentra a camada de poluentes. Mas a poluição não diminuiu com a redução da atividade humana nesta quarentena? Sim, diminuiu, mas não acabou. O lado 'bom' da poluição é esta interação com os raios solares que geram essas cores surpreendentes no céu”, explicou Joselia à VejaSP.

Abaixo, você confere uma galeria de fotos com belos registros feitos pela equipe do Canaltech nesta terça e quarta. Mas, olha, respire fundo antes de abri-las, pois as imagens são realmente de tirar o fôlego!

E você, também viu esse céu maravilhoso? Tirou fotos? Mostre-as nos comentários abaixo!

*Com informações de VejaSP

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.