Cometa Leonard está perdendo brilho. Será que ele vai "sobreviver"?

Cometa Leonard está perdendo brilho. Será que ele vai "sobreviver"?

Por Daniele Cavalcante | Editado por Patrícia Gnipper | 09 de Dezembro de 2021 às 16h38
Dan Bartlett

O cometa Leonard não está brilhando como os astrônomos esperavam, e isso é um pouco preocupante para os que esperam observá-lo a olho nu. De acordo com Quanzhi Ye, astrônomo especializado em cometas da Universidade de Maryland, esta "não é uma boa notícia; o cometa deveria estar cada vez mais brilhante".

Cometas são objetos imprevisíveis e podem se comportar de várias maneiras enquanto se aproximam do Sol. Em abril de 2020, por exemplo, o promissor cometa C/2019 Y4 Atlas se dividiu em pelo menos três partes antes que alguém pudesse contemplá-lo no céu. E o mesmo pode acontecer com o Leonard.

Há outras possibilidades que podem explicar o brilhou fraco — por exemplo, ele pode ter pouco gelo para o Sol vaporizar. Às vezes, cometas se desintegram antes de atingir o periélio (seu ponto orbital mais próximo do Sol), às vezes depois, e há hipóteses de que os cometas podem se desintegrar quando estão mais distantes da estrela.

Cometa Leonard no dia 4 de dezembro de 2021 (Imagem: Reprodução/The Virtual Telescope Project)

Embora seja provável que o Leonard não esteja muito “bem de saúde”, ainda é cedo para saber se ele vai se dividir ou se está condenado de alguma forma. Pelas imagens do dia 7 de dezembro, “o cometa ainda parece estar bem — morfologicamente parece bom”, disse Ye. Mas a tendência de desbotamento continua".

Se ele estiver "condenado", saberemos disso rapidamente, pois ele perderá sua cauda de íons apenas algumas horas após a separação dos pedaços de um cometa partido. Entretanto, há um atraso entre o momento em que um cometa começa a se separar e o momento em que ele desaparece quando visto da Terra. "Ainda devemos ter algo muito brilhante na próxima semana, simplesmente porque leva tempo para o cometa se desintegrar totalmente", disse Ye.

Por enquanto, vale a pena manter as expectativas em alta e nos prepararmos para assistir ao espetáculo. O cometa Leonard deve ficar visível no final da manhã até o dia 12 de dezembro e, após alguns dias escondido pelo brilho do Sol, começará a aparecer no céu noturno em 17 de dezembro.

Fonte: Space.com

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.