Brasil no espaço! Engenheiro brasileiro voará na próxima missão da Blue Origin

Brasil no espaço! Engenheiro brasileiro voará na próxima missão da Blue Origin

Por Danielle Cassita | Editado por Rafael Rigues | 09 de Maio de 2022 às 16h51
Blue Origin

O primeiro turista espacial brasileiro (e segundo brasileiro no espaço, no geral) será Victor Correa​ Hespanha, engenheiro de produção que voará com o foguete New Shepard, da Blue Origin, durante a missão NS-21. A empresa divulgou o voo e os outros cinco tripulantes da missão nesta segunda-feira (9), sem revelar a data para o lançamento ou o valor desembolsado pelos participantes.

A participação de Hespanha no voo é fruto de um investimento em um NFT (sigla para “Non-Fungible Token”) através da Crypto Space Agency, que rendeu a participação em um sorteio. "Comprei pensando no potencial de valorização, nunca imaginei que seria sorteado. Estou realizando um sonho de criança por meio de um NFT, a ficha ainda está caindo", disse, ao jornal Folha de S. Paulo.

Em uma publicação da Blue Origin, o engenheiro conta que sempre sonhou em ser astronauta, e que se sente honrado em se tornar o segundo brasileiro a ir ao espaço e o primeiro “criptonauta” do mundo — o primeiro brasileiro a ir ao espaço foi Marcos Pontes, que passou dez dias a bordo da Estação Espacial Internacional em 2006.

Entre os outros tripulantes da missão NS-21, estão o investidor Evan Dick e Hamish Harding, piloto de jatos comerciais. Eles estarão acompanhados de Jaison Robinson, cofundador da Dream Variation Ventures, e Victor Vescovo, explorador e cofundador da Insight Equity. Já Katya Echazarreta, engenheira e ex-líder de testes na NASA, se juntará a eles como a primeira mulher nascida no México e a norte-americana mais jovem a ir ao espaço, aos 26 anos.

A tripulação viajará a bordo do New Shepard, sistema formado por um foguete e cápsula, ambos criados pela própria Blue Origin. Após o lançamento, a cápsula é liberada, chegando a mais de 100 km de altitude; nesta etapa, os turistas espaciais podem curtir cerca de três minutos de sensação de ausência de peso. O propulsor retorna ao solo com a ajuda de seus motores, enquanto a cápsula é desacelerada com paraquedas. Até o momento, a Blue Origin já levou 20 pessoas ao espaço suborbital.

Fonte: Blue Origin; Via: Mensageiro Sideral

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.