Boeing lançará nave Starliner à ISS em novembro, mas voo tripulado só em 2021

Por Daniele Cavalcante | 09 de Junho de 2020 às 17h40
Boeing
Tudo sobre

Boeing

Saiba tudo sobre Boeing

Ver mais

Embora a SpaceX tenha sido bem sucedida ao enviar astronautas da NASA ao espaço em 30 de maio, ela não será a única empresa privada transportar norte-americanos à Estação Espacial Internacional (ISS). É que a Boeing, outra contratada pela NASA através do Commercial Crew Program, também está se preparando para isso com sua própria nave tripulável, a Starliner — que já deveria ter feito sua estreia, tal qual aconteceu com a Crew Dragon de Elon Musk, mas que também sofreu com diversos atrasos em seu cronograma.

A empresa anunciou que a Starliner terá uma nova missão de teste rumo à ISS, ainda sem tripulação, no mês de novembro deste ano. Além disso, a Boeing já teria agendado uma missão tripulada para abril de 2021, de acordo com a informação de uma fonte desconhecida da indústria espacial. Isto é, caso o voo sem astronautas a bordo seja bem sucedido em novembro de 2020, claro.

Conceito mostra as naves Crew Dragon e Starliner a caminho da ISS (Imagem: NASA)

Essa é uma agenda um tanto atrasada em relação ao cronograma original. Infelizmente, em dezembro de 2019, a espaçonave seria enviada até à ISS, porém o atracamento foi cancelado porque a Starliner não conseguiu executar a manobra de órbita de inserção, visando regular a velocidade da nave, no tempo correto. Assim, ela foi lançada com sucesso, mas não conseguiu chegar a seu destino e, por isso, precisa realizar um novo voo não-tripulado antes de levar pessoas a bordo.

Com capacidade para transportar até 7 astronautas, a Starliner foi projetada para voos de até 60 horas e para permanecer ancorada na ISS por até 210 dias. Ela será lançada pelos foguetes não reutilizáveis Atlas V, que usam motores RD-180 de fabricação russa, desenvolvidos pela NPO Energomash, e seu custo é de U$$ 4,2 bilhões.

Fonte: Space Daily

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.