Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Auroras aparecem no céu após tempestade solar forte atingir a Terra

Por| Editado por Patricia Gnipper | 20 de Setembro de 2023 às 11h50

Link copiado!

den-belitsky/Envato
den-belitsky/Envato

Uma forte tempestade solar atingiu nosso planeta nos últimos dias, formando auroras boreais visíveis em diferentes regiões da Europa e América do Norte. O fenômeno foi causado por uma ejeção de massa coronal que ocorreu no fim de semana, liberando partículas eletricamente carregadas em direção à Terra.

As partículas causaram uma perturbação no campo magnético terrestre, formando uma tempestade solar entre os dias 18 e 19. Quando estas tempestades acontecem, as partículas eletricamente carregadas liberadas pelo Sol atingem a atmosfera do nosso planeta a altíssimas velocidades.

Continua após a publicidade

Depois, o campo magnético direciona as partículas em direção aos polos. Ali, elas interagem com as moléculas da atmosfera e emitem luzes coloridas que conhecemos como auroras. No hemisfério norte, o fenômeno é chamado de aurora boreal, e no sul, recebe o nome aurora austral.

As auroras ficaram ainda mais intensas após o impacto da ejeção de massa coronal nesta segunda-feira (18). “Assim que o Sol se pôs, pude ver auroras dançando no céu no crepúsculo”, relatou Jeroen Daniels, um dos observadores que fotografou o fenômeno.

No momento, nosso Sol está avançando rumo ao máximo solar, o pico de atividade durante seu ciclo de 11 anos. Por isso, é esperado que eventos do tipo aconteçam com mais frequência.

Fotos de aurora boreal

Abaixo, você confere imagens das auroras boreais causadas pela tempestade solar recente:

Continua após a publicidade

Fonte: SpaceWeather