As fotos mais legais tiradas pelos astronautas da NASA que voaram com a SpaceX

Por Daniele Cavalcante | 03 de Agosto de 2020 às 17h55
Bob Behnken
Tudo sobre

NASA

Saiba tudo sobre NASA

Ver mais

No dia 30 de março, a NASA e a SpaceX realizaram um lançamento histórico: pela primeira vez desde 2011, astronautas estadunidenses foram enviados ao espaço em uma nave dos EUA, e a partir de uma plataforma também em território nacional. Durante quase toda a última década, a NASA precisou alugar vagas na nave russa Soyuz, cujos lançamentos acontecem no Cazaquistão.

Tudo isso foi possível graças à parceria que a NASA estabeleceu com as empresas privadas, através do programa Commercial Crew. Nele, a agência assinou contratos com a SpaceX e a Boeing para que criassem naves capazes de enviar astronautas à Estação Espacial Internacional (ISS), permitindo aos EUA recuperarem essa autonomia. Assim, a missão Demo-2 foi lançada com sucesso, marcando o fim do contrato dos EUA com a Rússia e o início de uma nova fase da exploração espacial para a NASA.

Os astronautas Bob Behnken e Doug Hurley são veteranos - já voaram no ônibus espacial da NASA duas vezes e juntos já haviam passado quase 1.400 horas no espaço. E, após somarem mais dois meses em órbita nos seus currículos, retornaram à Terra. A viagem de volta da Demo-2 começou no sábado (1º) e se estendeu durante toda a noite de sábado e a manhã de domingo, com o "splashdown" acontecendo no Oceano Atlântico na tarde de domingo (2). Após o resgate, a Crew Dragon Endeavour foi levada à costa para se submeter à inspeção da SpaceX para que possa ser recuperada e reutilizada - o que acontecerá em 2021 com a missão Crew-2.

As fotos mais legais tiradas pelos astronautas da missão Demo-2

Embora fosse uma missão de demonstração das capacidades da Crew Dragon, Bob e Doug tiveram algumas tarefas na ISS, tais como caminhadas espaciais para substituição de baterias do lado de fora da estação orbital. Mas eles também tiveram tempo para tirar algumas fotografias fantásticas do nosso planeta visto no espaço. Selecionamos algumas das mais legais.

Foto: Bob Behnken

Na imagem acima, Bob fotografou a tempestade Hanna, enquanto passava pelo Golfo do México, no dia 24 de julho. Felizmente, o então furacão Hanna, o primeiro da temporada 2020 no Atlântico, enfraqueceu e foi "rebaixado" para o status de tempestade tropical. Mesmo assim, o fenômeno natural parece aterrorizador até mesmo olhando a quilômetros de distância, na órbita terrestre.

Foto: Bob Behnken

Esta é a cidade de Perth, na Austrália. Sua área é de 6.418 km² e está localizada no encontro do rio Swan com o litoral sudoeste. A sua área metropolitana fica entre o Oceano Índico e uma zona baixa costeira conhecida com o nome Darling Range, e vista na imagem acima, parece a única coisa iluminada no espaço.

Foto: Doug Hurley

Outra ameaça, o furacão Isaias, foi fotografado no dia 31 de julho, enquanto passava sobre Bahamas e Cuba. Ele também foi rebaixado à categoria de tempestade tropical, mas meteorologistas afirmam que ele voltará a ganhar forças e voltará a se tornar um furacão. Isso pode acontecer enquanto se dirige para os estados da Carolina do Sul e Carolina do Norte.

Foto: Bob Behnken

Acima, a Mauritânia aparece em uma tonalidade avermelhada. Trata-se de um país situado no noroeste da África, na região do deserto do Saara, fazendo fronteira com o oceano Atlântico, o Senegal, o Mali, a Argélia e Marrocos.

Foto: Bob Behnken

Bob também fotografou a caminhada espacial de seu colega, Chris Cassidy, que está na ISS desde abril de 2020. Ele foi lançado ao espaço com a Expedição 63 e atualmente é o comandante a bordo da ISS.

Foto: Doug Hurley

Esta foto incrível do oceano da Terra, com suas texturas e sua grandiosidade, dispensa comentários. Podemos apenas imaginar a sensação de observá-lo do espaço com tamanha beleza!

Foto: Bob Behnken

Aqui, Bob registra as nuvens sobre os Andes da América do Sul. A região contorna o lado ocidental da América do Sul, incluindo a Venezuela, Colômbia, Equador, Peru, Bolívia, Argentina e Chile. Está entre as mais extensas cordilheiras do mundo.

Foto: Bob Behnken​

Nesta outra imagem, Bob parabeniza a cidade de St. Louis, sobre a qual a ISS sobrevoava, durante o Dia da Independência dos Estados Unidos, em 4 de julho.

Foto: Doug Hurley

Dessa vez, Doug registra a ilha Masirah, que fica ao largo da costa leste de Omã, com área de 649 km².

Foto: Doug Hurley

Por fim, Doug também fotografou as ilhas Quirimbas, um arquipélago que fica no Oceano Índico. As ilhas coralinas se estendem ao longo da costa da província de Cabo Delgado, no norte de Moçambique, e uma delas recebe o próprio nome do arquipélago, a Ilha Quirimba.

Bônus: a 300ª caminhada espacial

Foto: Doug Hurley

Essa última imagem é o registro de outro marco histórico: em julho, os astronautas Behnken e Cassidy completaram o décimo spacewalk de suas carreiras, que foi a 300ª caminhada espacial realizada por estadunidenses. A primeira delas foi no dia 3 de junho de 1965, quando Ed White deixou a cápsula Gemini e permaneceu fora dela por 23 minutos.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.