Thor: Amor e Trovão ganha primeiro trailer com herói crossfiteiro e Jane Foster

Thor: Amor e Trovão ganha primeiro trailer com herói crossfiteiro e Jane Foster

Por Durval Ramos | Editado por Jones Oliveira | 18 de Abril de 2022 às 11h20
Marvel Studios

A Marvel finalmente liberou o primeiro trailer de Thor: Amor e Trovão. O filme é o quarto do herói asgardiano e promete mexer bastante não só nas estruturas míticas do Universo Cinematográfico da Marvel (MCU, na sigla em inglês), mas também no próprio mundo dos super-heróis. Isso porque temos a tão esperada apresentação de Jane Foster (Natalie Portaman) como a Poderosa Thor, empunhando uma versão restaurada do martelo Mjölnir.

E esse é apenas um dos pontos que chama a atenção no trailer. Além da trilha sonora marcante — algo que o diretor Taika Waititi já tinha feito com Thor: Ragnarok —, temos vários pequenos indicativos de como o novo longa vai mexer com o MCU de forma geral.

Além de vermos Thor voltando à velha forma física com uma espécie de crossfit dos deuses em algum canto dos Nove Reinos, também temos um pouco de Nova Asgard e da Rei Valquíria assumindo um papel de liderança dos asgardianos agora que os antigos deuses nórdicos estão morando na Terra. Confira a sinopse oficial:

O filme encontra Thor (Chris Hemsworth) em uma jornada diferente de tudo que ele já enfrentou – uma busca pela paz interior, mas sua aposentadoria é interrompida por um assassino galáctico conhecido como Gorr, o Carniceiro dos Deuses (Christian Bale), que busca a extinção dos deuses. Para combater a ameaça, Thor pede a ajuda do Rei Valquíria (Tessa Thompson), Korg (Taika Waititi) e da ex-namorada Jane Foster (Natalie Portman), que – para surpresa de Thor – inexplicavelmente empunha seu martelo mágico, Mjolnir, revelando-se a Poderosa Thor. Juntos, eles embarcam em uma angustiante aventura cósmica para descobrir o mistério da vingança do Carniceiro dos Deuses e detê-lo antes que seja tarde demais.

Outro ponto que chama a atenção é que temos breves vislumbres do Olimpo, com uma rápida aparição de Zeus, que será vivido por ninguém menos do que Russel Crowe (Gladiador). Não vimos o personagem em sua plenitude, mas o pouco mostrado no trailer já dá o tom tanto de como o deus grego será apresentado quanto como ficou o visual de sua morada.

Além disso, Thor: Amor e Trovão já apresenta como vai ser a dinâmica de Thor (Chris Hemsworth) com os Guardiões da Galáxia, com quem ele se aliou após os eventos de Vingadores: Ultimato. E, pelo que já foi mostrado aqui, essa união vai ser o coração da parte mais cômica do longa — algo que sempre foi muito forte nos filmes de Waititi.

O que o esperar de Thor: Amor e Trovão

Embora esse primeiro trailer não entregue muita coisa da história — tanto que ele nem apresenta o vilão Gorr, o Carniceiro dos Deuses (Christian Bale) —, ele responde a várias perguntas que ficaram no ar desde Ultimato, além de já estabelecer o já citado novo status quo dos deuses dentro do MCU. E o mais interessante é que, mesmo com o jeito mais escrachado de Taika Waititi, isso tudo está bastante fiel ao que a gente já conhece de Thor e Asgard nos quadrinhos.

Nova Asgard já deixa claro como o divino mudou dentro do MCU (Imagem: Reprodução/Marvel Studios)

O caso da Nova Asgard é o mais emblemático disso. Assim como vimos nos cinemas, a versão dos quadrinhos do reino dos deuses nórdicos também foi destruída no Ragnarok e os sobreviventes criaram uma espécie de assentamento na Terra, chamada de Nova Asgard — um pedaço de terra flutuante sobre o Oklahoma, nos Estados Unidos. Isso foi apresentado durante a saga Renascer dos Deuses, em que o Deus do Trovão precisou reencontrar as outras divindades renascidas no planeta e despertá-las. Essa é uma fase muito importante pois mexeu bastante com o equilíbrio de forças nesse núcleo divino da Marvel e que parece ser reproduzido no MCU.

O exemplo disso é que o teaser já mostra a Rei Valquíria assumindo esse papel de liderança da nova morada dos deuses, negociando com humanos. Isso é algo inédito dos filmes, mas que mostra bem o quanto toda essa parte mística vai mexer daqui em diante. Sem contar que é a deixa perfeita para fazer o ataque de Gorr ter peso como ameaça, pois vai trazer o vilão para a Terra.

Thor e os Guardiões

Parte dessa mudança está no fato de que Thor não vai estar presente para ajudar nessa reconstrução, já que ele está a bordo da nave Milano ao lado dos Guardiões da Galáxia. Além de mostrar o treinamento do herói para perder a barriguinha que ele conquistou em Ultimato, o trailer já apresenta algumas das aventuras em que o personagem vai embarcar ao lado do Senhor das Estrelas (Chris Pratt).

Essa deve ser uma das únicas cenas de Thor com os Guardiões (Imagem: Reprodução/Marvel Studios)

E o curioso é que não devemos ver essa aliança durar muito mais do que duas ou três cenas. Pelo que o teaser sugere, devemos ver o grupo junto apenas nesse planeta com o povo azul — o momento em que vemos ele mostrar sua nova forma física — e, logo em seguida, deve vir o diálogo de Quill dizendo que Thor deve ir atrás das pessoas que ele ama. E é aí que devemos embarcar na verdadeira aventura do Deus do Trovão em busca do que restou do seu povo.

Pelo que foi mostrado, Thor deve ficar apenas com o gigante de pedra Korg e os dois vão partir em aventuras próprias, como no flerte pirata e até mesmo encarando o corpo de Falligar, o Behemoth em meio a uma geleira mitológica. Essa cena, inclusive, foi diretamente retirada do arco Thor: O Carniceiro dos Deuses, que apresentou justamente o vilão Gorr.

No caso, a criatura era uma espécie de divindade nórdica que cuidava das fronteiras do universo e que, nos gibis, é morto por Gorr em sua cruzada contra os deuses. Assim, devemos ver isso se repetir também no MCU.

O visual do Thor

Outro ponto que chama a atenção aqui é o seu visual. Por mais que ele ainda apareça usando o uniforme do MCU, com capa e tudo, boa parte do teaser traz o Thor de jaquetinha e camiseta, o que deve ser o seu visual enquanto membro da equipe dos Guardiões. E essa é uma referência direta à fase do personagem nos quadrinhos, quando ele assumiu a identidade de Trovejante nos quadrinhos da Marvel no final dos anos 1980. E enquanto nas HQs isso está relacionado a uma troca de identidade secreta, o cinema deve simplificar e apenas referenciar o traje — até porque todo o longa parece fazer uma ode a esse período, como a trilha sonora bem indica.

Thor de jaquetinha é um clássico da Marvel dos anos 1990 (Imagem: Reprodução/Marvel Studios)

Outra brincadeira que Thor: Amor e Trovão faz é satirizar o visual clássico do herói nos gibis. Na sequência inicial, quando vemos o crescimento do personagem enquanto ele corre por uma floresta, aparece brevemente o uniforme tradicional usado pelo filho de Odin nas HQs, com direito ao elmo de asinhas.

Outros panteões

Thor: Amor e Trovão vai trazer ao MCU novos deuses além dos asgardianos. Em determinado trecho do teaser, vemos Thor e Korg chegando ao Olimpo e interagindo com o próprio Zeus. Não fica claro o porquê desse encontro e nem se veremos outras divindades ou semideuses — como Hércules, que é um herói dentro dos quadrinhos Marvel e qe até já foi membro dos Vingadores —, mas vai ser interessante ver a existência desse outro panteão nos cinemas.

Prepare-se: o Olimpo vai chegar recheado de easter eggs (Imagem: Reprodução/Marvel Studios)

Até porque faz sentido vermos mais deuses aparecendo para dar peso às ações de Gorr, que vai ser uma espécie de Kratos, de God of War, passeando de mitologia em mitologia para acabar com qualquer deus que cruzar seu caminho.

A Poderosa Thor e o velho Mjölnir

Por fim, a maior novidade do teaser de Thor: Amor e Trovão é também a coisa mais esperada: a aparição de Jane Foster empunhando o Mjölnir. Essa é uma transformação bastante controversa dos quadrinhos e que já tinha sido prometida pela Marvel quando o longa foi anunciado. Ainda assim, é muito empolgante ver a cientista dando as caras com o icônico elmo e mostrando quem é que manda.

Conheça a Poderosa Thor (Imagem: Reprodução/Marvel Studios)

O interessante é que ela realmente vai empunhar o Mjölnir que a gente viu ser destruído em Thor: Ragnarok. Especulava-se que essa Jane poderia ter vindo de outro canto do multiverso, mas parece que as coisas vão ser bem mais centradas na realidade que a gente já conhece. Isso porque o martelo é apresentado todo rachado, dando a entender que ele foi restaurado de alguma forma.

Como a Poderosa Thor dá as caras somente nos segundo finais do teaser, não é possível fazer qualquer consideração sobre o contexto da cena. Temos um grande combate ao fundo — com direito a algum ser de tentáculos —, mas nada muito claro.

Thor: Amor e Trovão chega aos cinemas no dia 7 de julho e, pode apostar, devemos ver muito mais materiais de divulgação do filme chegando a partir de agora.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.