Disque Amiga para Matar está de volta; relembre o que aconteceu na temporada 1

Disque Amiga para Matar está de volta; relembre o que aconteceu na temporada 1

Por Natalie Rosa | 07 de Maio de 2020 às 21h30
Divulgação: Netflix

Pouco mais de um ano depois de conhecermos a história de Jen Harding (Christina Applegate), uma nova temporada da série Disque Amiga Para Matar está prestes a desembarcar na Netflix.

A série, criada por Liz Feldman, é classificada como "humor ácido" e conta a história de uma amizade que surgiu de uma forma inusitada e trágica, após a morte do marido de Jen, e ajudou a protagonista a enxergar muitas coisas sobre a vida que vivia. A amiga é Judy, interpretada por Linda Cardellini, que ficou tão obcecada por essa nova relação que precisa esconder todos os seus segredos para não ser desmascarada.

Disque Amiga Para Matar foi muito bem avaliada pela crítica e, claro, a Netflix não ia deixar passar a oportunidade de criar novos episódios. Como já faz um tempo razoável desde a esteia da primeira temporada, você deve estar tentando lembrar de tudo o que aconteceu na trama, certo? Por isso, o Canaltech preparou um breve resumo sobre os principais acontecimentos que você precisa relembrar para começar a maratonar a nova temporada.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Imagem: Divulgação/Netflix

A morte de Ted Harding e quem são os culpados

Tudo começa quando Judy estava dirigindo em seu carro com o seu terrível marido Steve (James Marsden) ao lado, que a convence a fugir após acidentalmente atropelar Ted, o companheiro de Jen. Ela se sente tão culpada de não ter prestado socorro que, ao saber que ele havia morrido no local, foi ao velório se lamentar pelo crime, quando acaba conhecendo Jen.

De uma forma bizarra e assustadora, Judy começa a puxar assunto com Jen e acaba forçando o início dessa amizade, mas sem contar que ela foi a responsável pela morte do marido dela e por ter destruído a família. Mas é claro que esse segredo não seria mantido por muito tempo e a confissão acontece.

Ao saber que havia aberto as portas de sua casa para a assassina do seu marido, mesmo que tenha sido um acidente, Jen queima as coisas dela, que já estava vivendo em sua casa, e tenta pedir uma ordem de restrição para que ela nunca mais se aproxime.

Imagem: Divulgação/Netflix

A situação complica para Steve

Steve acabou confessando à Jen que ele também estava no carro no momento do acidente, mas quando isso aconteceu já era tarde demais. Nas cenas finais da série, ele está procurando por Judy na casa de Jen extremamente indignado pela esposa ter esvaziado a sua conta bancária. Além disso, ela ainda o entregou à polícia por lavagem de dinheiro e envolvimento com a máfia grega, revelando também a localização de um depósito.

Steve, no entanto, acabou não pagando pelos seus crimes na prisão, pois seu fim foi ter o seu corpo boiando na piscina na casa de Jen, fazendo com que a dupla de amigas tivesse mais um problema para lidar com a polícia, que é o que vai se desenrolar na segunda temporada.

Morte e vício

Enquanto lidava com a confusão mental de tudo o que aconteceu, Judy tinha um bom amigo no asilo em que trabalhava. Abe, interpretado por Ed Asner, ouvia todos os seus desabafos e era um bom apoio emocional para ela. Infelizmente, ele acaba falecendo no fim da temporada, deixando Judy órfã das amizades perdidas.

Imagem: Divulgação/Netflix

Enquanto Judy tinha a Abe, Jen tinha Lorna Harding (Valerie Mahaffey), a mãe de Ted, que não dava nenhuma trégua à ex-nora deixando mais do que explícito que não gostava dela. Porém, ela precisa se manter na vida de Jen por causa dos netos. Um dos filhos, Charlie, passa um tempo morando com a avó, mas acaba voltando para casa e contando à mãe que a idosa possui um certo vício com medicamentos. Então, provavelmente a personagem deve retornar nesta segunda temporada, dando continuidade a isso tudo.

Mais desfechos

Além do foco principal, a série também deve desenvolver a história de Nick (Brandon Scott), um policial que acabou se relacionando com Judy após ela passar um tempo separada de Steve. No entanto, ela acabou voltando para o marido, partindo o coração do rapaz. Por já ter tentado prejudicar Judy para a detetive Perez (Diana Maria Riva), ele pode estar fortemente envolvido na suspeita do desaparecimento de Steve, dando muita dor de cabeça para a dupla.

Imagem: Divulgação/Netflix

Os filhos de Jen e Ted sempre ficaram em segundo plano na história, sendo mostrado apenas em momentos como o que aconteceu com Henry, que acreditava que seu pai era um pássaro que o ia visitar na janela todos os dias, ou com Charlie, o mais velho e revoltado que foi flagrado com uma arma na mão. Talvez, na próxima temporada, eles possam ter superado a morte do pai e não estarem envolvidos com os problemas da mãe.

A segunda temporada de Disque Amiga Para Matar estreia na Netflix nesta sexta-feira (8).



Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.