Quem é o Treinador? Conheça o misterioso vilão das HQs que estará em Viúva Negra

Quem é o Treinador? Conheça o misterioso vilão das HQs que estará em Viúva Negra

Por Claudio Yuge | 20 de Junho de 2021 às 11h00
Marvel Comics

Viúva Negra está chegando para abrir oficialmente a Fase 4 do Universo Cinematográfico Marvel (MCU, na sigla em inglês) nas telonas. O filme, que deveria estar no circuito mundial desde maio do ano passado, estreia no próximo mês e, desde as primeiras prévias, uma figura chama a atenção. O Treinador, conhecido dos quadrinhos — e dos games —, fará um importante antagonismo frente à Natasha Romanoff (Scarlett Johansson). E aí, ficam as perguntas: quem é esse personagem nos quadrinhos? Por que ele foi escolhido para este filme? E como deve ser sua versão no MCU, já que sua identidade vem sendo mantida sob sigilo?

Antes de mais nada, é preciso já destacar que o passado do personagem também é misterioso nos quadrinhos da Marvel; e até mesmo sua principal identidade, conhecida como Tony Masters, já mudou ao longo dos anos — a figura do Treinador costuma estar atrelada ao treinamento de vilões em várias artes marciais e estilos de luta corpo a corpo. Ele apareceu, inicialmente, como um vilão espalhafatoso, em The Avengers #195, de maio de 1980, pelas mãos de David Michelinie e George Pérez.

Imagem: Reprodução/Marvel Comics

Seu passado mais conhecido está atrelado a Tony Masters, que, desde criança, já reproduzia com perfeição os movimentos dos cowboys atirando em suas séries favoritas de TV. Embora essa memória fotográfica fosse interessante para seu crescente interesse em copiar os movimentos de outras pessoas, também preocupava sua mãe. Após uma consulta psiquiátrica a seu pedido, o pequeno foi diagnosticado com o que se pode chamar de “reflexos fotográficos”, que lhe permitem recriar qualquer tipo de movimento ou luta que ele veja sendo realizados.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Só que tem um porém para o uso dessa habilidade: Tony Masters sempre perde um pouco de sua memória quando a utiliza, como uma espécie de “compensação” de seu corpo, que “troca” algo de seu passado pelas novas informações. Por isso, fica difícil saber sobre sua história, já que ele se lembra de pouca coisa e, do mínimo que se recorda, nem mesmo tem certeza se é realidade ou algo implantado em sua cabeça.

Imagem: Reprodução/Marvel Comics

Inicialmente, a explicação para suas habilidades estava ligada a uma substância injetada em seu corpo, a partir de uma elaborada modificação do esteroide cortisol das glândulas adrenais. Isso lhe dava o “poder” de absorver instantaneamente qualquer conhecimento, com o desbloqueio da potencial memória procedural. E, só para deixar mais claro, o Treinador até pode copiar o movimento de alguém levantando um carro, mas não pode realizar a mesma tarefa porque não tem força para isso, por exemplo.

De mequetrefe a vilão respeitável

Bem, só de olhar para o personagem em sua forma inicial nos quadrinhos, já dá para perceber, pelo visual cafona, que a ideia da Marvel, inicialmente, era a de ter um vilão que pudesse “dar o troco” nos Vingadores usando suas próprias armas e estilos de combate: como seria se um Capitão América enfrentasse alguém com habilidades parecidas, ou quem se sairia melhor na mira se um oponente tivesse uma precisão tão grande quanto a do Gavião Arqueiro?

Com essa premissa, o Treinador apareceu diversas vezes nas histórias dos Vingadores. E, ao longo do tempo, a Marvel atribuiu ao personagem a função de servir como “professor de luta” de vários personagens que não tinham isso muito definido em seu passado. Toda vez que um vilão não tivesse uma explicação muito convincente sobre como consegue brigar tão bem, colocavam o Treinador como o responsável pelo aprendizado.

Imagem: Reprodução/Marvel Comics

Essa foi a explicação para mostrar como vilões aprenderam seus movimentos de combate, a exemplo Ossos Cruzados e Cascavel; até de heróis, como a Mulher-Aranha, o Agente Americano e Maverick, do programa Arma X (o mesmo que colocou revestimento de adamantium nos ossos de Wolverine). Dessa forma, o Treinador ganhou mais importância, como uma espécie de “mercenário-professor” que ensina estilos de luta conforme lhe pagam para realizar o serviço.

O Treinador teve papeis importantes nos arcos Guerra Civil, em 2006, e Reinado Sombrio, em 2009. Na primeira saga, ele foi contratado pelo governo dos Estados Unidos para treinar os Thunderbolts, formados por vilões liderados em torno de missões específicas ordenadas pelas autoridades — o que quase sempre acaba em choque com os Vingadores. Na segunda, ele foi escalado para função semelhante, quando Norman Osborn atribui a ele o papel de ensinar seus Vingadores Sombrios e o de liderar um grupo secreto contra a Hydra.

Depois disso, o personagem passou a ser cada vez mais explorado e até ganhou uma possível filha, Finesse, da Academia Vingadores, que tem poderes semelhantes — como nem mesmo o Treinador se lembra disso, fica difícil cravar sua ligação com o vilão. Ele também já apareceu em games, como em Marvel vs Capcom 3 e Marvel’s Avengers e, recentemente, ganhou uma série limitada própria. A Marvel Comics, como não é boba nem nada, escalou a importância do personagem conforme sua chegada ao MCU.

Como deve ser o Treinador no MCU

Ao que tudo indica, o Treinador do MCU não será Tony Masters, como nos quadrinhos. Isso porque a Marvel Studios deve ter aproveitado o passado zoado do vilão para reescrevê-lo em um papel com mais relevância na trama da Viúva Negra. Portanto, pode ser que seja uma mulher, provavelmente mais uma das alunas do programa Sala Vermelha, que criou Natasha e Yelena Belova (Florence Pugh).

Nos trailers, o Treinador sempre aparece de forma misteriosa e nunca revela sua identidade. Além disso, sua própria constituição física é mais esguia, sugerindo que não seja um homem, e sim uma mulher — as poses e movimentos do vilão original são representados em um corpo muito mais forte e musculoso.

Atenção com possíveis spoilers de Viúva Negra nos dois parágrafos abaixo!

Vazamentos recentes apontam a atriz Olga Kurylenko como o rosto por trás da máscara do Treinador em Viúva Negra. Segundo relatos postados nos corredores obscuros do Reddit, ela é filha de Dreykov (Ray Winstone), o diretor da Sala Vermelha. De acordo com o texto, Anya Dreykov era a melhor amiga de Natasha durante o treinamento, até que esta decide fugir da Rússia para agir de forma independente. Durante sua saída, Anya tenta impedi-la de escapar e Natasha é forçada a escolher entre salvar Anya ou deixá-la morrer em uma explosão enquanto ela deixa o país. A Viúva Negra escolhe a segunda opção, e isso é uma das razões pelas quais seu passado a assombra tanto.

Depois de quase morrer, Anya teria sido reconstruída por Dreykov e Melina Vostokoff (Rachel Weisz). Graças a aprimoramentos cibernéticos, Anya passa a ter a habilidade de analisar e imitar os estilos de combate de outras pessoas e, sob o comando de Dreykov, é enviada novamente para deter Natasha. O personagem Rick Mason (O-T Fagbenle), atrelado à possível identidade do Treinador desde os primeiros teasers, seria apenas uma forma de despistar os fãs e promover a surpresa na revelação de Anya.

Fim dos possíveis spoilers!

Ainda não dá para saber ao certo se isso tudo é verdade, contudo, a identidade do Treinador no MCU é realmente algo importante para um dos plot twists do roteiro de Viúva Negra, caso contrário, pode ter certeza que, a essa altura, já saberíamos quem está por trás da máscara. Portanto só teremos mesmo um vislumbre de quem é o vilão nas telonas no dia 9 de julho, quando o filme chega aos cinemas e ao Disney+.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.