Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Temporada 3 de Only Muders in the Building promete mais deleite para o público

Por| Editado por Jones Oliveira | 08 de Agosto de 2023 às 18h05

Link copiado!

Divulgação/Star+
Divulgação/Star+

Depois de alguns meses de espera, a terceira temporada deOnly Murders in The Building estreou no Star+ no dia 8 de agosto, para alegria dos fãs que agora poderão acompanhar Mabel (Selena Gomez), Charles (Steve Martin) e Oliver (Martin Short) tentando desvendar um novo caso de assassinato.

Infelizmente, a nova temporada não foi disponibilizada toda de uma vez, de modo que os assinantes terão que esperar toda terça-feira para assistirem aos novos episódios. Apesar desse inconveniente, no entanto, a produção promete continuar agradando o público com uma história intrigante e cheia de reviravoltas.

Continua após a publicidade

Nos dois primeiros capítulos, vemos o trio principal se reunindo depois de quase um ano de tranquilidade. Dessa vez, eles se encontram no dia da estreia do musical da Broadway estrelado por Charles e dirigido por Oliver. Tudo ia bem, mas, como não poderia deixar de ser, um novo assassinato surge quando Ben Glenroy (Paul Rudd), o protagonista da peça, aparece cuspindo sangue no palco pouco tempo depois das cortinas se abrirem.

Esse fato encerra o primeiro capítulo e, claro, serve para deixar o público intrigado com o que vai acontecer em breve. Aliás, esse é o grande chamariz de Only Murders in The Building: conseguir terminar cada episódio deixando no público um gostinho de “quero mais”. Mesmo depois de duas temporadas de dez episódios cada, o texto mostra que ainda tem forças para continuar despertando a curiosidade da audiência, sem deixar a trama cair na mesmice.

E se o enredo agrada, como já era esperado, a novidade fica por conta do elenco. Além de Paul Rudd como o protagonista antipático que coleciona inimigos e, por isso mesm,o se torna um caso difícil a ser desvendado, a série ainda traz Ashley Park (a Mindy de Emily in Paris) como uma atriz viciada em TikTok.

Nos dois primeiros episódios, sua personagem não é muito bem destrinchada em cena, mas ao que tudo indica ela terá um ar de mistério e poderá, facilmente, se tornar uma suspeita do trio de detetives amadores.

Outra novidade é Tobert (Jesse Williams) — isso mesmo, Robert com T, como ele mesmo se apresenta. O rapaz é um cineasta que foi incumbido de gravar um documentário sobre a primeira apresentação de Ben no teatro, mas com a morte do ator, acaba se aproximando do trio e começa a se interessar pela investigação.

Ao que tudo indica, ele ficará bem próximo de Mabel e poderá até mesmo se tornar o par romântico dela, já que a mocinha aparece vestida de noiva no trailer.

Continua após a publicidade

Esse gancho seria interessante para a trama, uma vez que faz falta que o passado e a vida pessoal dos três protagonistas seja melhor desenvolvido. Na segunda temporada, por exemplo, Mabel engata um romance com Alice (Cara Delevingne), mas ele acaba sem muita explicação, deixando pontas soltas e dúvidas no ar, algo que incomoda e dá sensação de que a série ficou incompleta.

Voltando aos novos personagens, por fim, a grande novidade da terceira temporada fica por conta da aparição de Meryl Streep como Loretta, uma atriz madura que nunca teve uma oportunidade na carreira artística. Quando finalmente consegue um papel de destaque no tal musical da Broadway e parece que sua vida vai melhorar, as coisas viram de cabeça para baixo e a peça é cancelada.

Enigmática e com cara de que esconde um passado absurdo, Loretta deverá ser o grande destaque de Only Murders in The Building, e nem é preciso falar que o fato de ser interpretada por Streep dá um peso a mais à personagem, já que a veterna do audiovisual se sobressai em frente às câmeras.

Continua após a publicidade

Um dos melhores momentos, até agora, acontece quando Loretta participa da leitura das cenas do musical e se embanana com o texto. Brincando com diferentes sotaques e fazendo ótimas caras e bocas, Meryl conseguiu arrancar boas risadas ao mesmo tempo em que deixou o espectador constrangido.

Trama engrena mais facilmente

Saindo um pouco do elenco e falando do enredo, é nítido como a trama da terceira temporada engrena com mais facilidade. Se, nas temporadas anteriores, foram necessários pelo menos quatro capítulos para fazer o público entrar de cabeça no mistério, nesta o primeiro episódio já mostra a que veio, e o segundo é ainda melhor entregando uma excelente reviravolta.

Continua após a publicidade

Desse modo, o público pode esperar que nos próximos capítulos a história se desenvolva com fluidez e continue cheia de detalhes, como já é esperado da narrativa da série.

Também vale elogiar a química entre Selena, Steve Martin e Martin Short. O trio continua afiado tanto em frente às câmeras quanto por trás delas, já que assina a produção executiva da série. Resta saber se com essa nova temporada a obra será novamente indicada ao Emmy e se Selena não será ignorada.

Continua após a publicidade

Seja como for, deixando a especulação de lado, quem der o play na nova temporada de Only Murders in The Building encontrá episódios divertidos e intrigantes que contam uma excelente história de assassinato. Lembrando que os capítulos serão lançados semanalmente, sempre às terças-feiras, no Star+.