Os 10 melhores filmes e séries sobre a Fórmula 1

Os 10 melhores filmes e séries sobre a Fórmula 1

Por Felipe Demartini | Editado por Jones Oliveira | 11 de Março de 2022 às 10h00
Reprodução/Canaltech

A Fórmula 1 está voltando. Após uma das melhores temporadas das últimas décadas em 2021 e sagrar um novo campeão, a categoria mais popular do automobilismo mundial volta às pistas em março de 2022, com uma nova era de carros, pilotos e emoções. Com ela, também retorna F1: Dirigir Para Viver, da Netflix, responsável por criar novos fãs e acirrar ainda mais a disputa para os antigos. Entretanto, não é como se a série da Netflix fosse pioneira.

Pelo contrário, esse mundo de tantas rivalidades, tensões e perigo já rende uma boa quantidade de seriados e filmes. Entre histórias fictícias, incluindo um clássico de Steve McQueen, e documentários baseados nos heróis de todas as épocas do esporte, o entretenimento está cheio de opções para quem quer conhecer mais sobre a Fórmula 1 ou aplacar a ansiedade até o início de uma nova temporada de corridas.

Pensando nisso, o Canaltech listou os 10 melhores filmes e séries sobre a Fórmula 1 para você assistir. Vista seu macacão, coloque a bataclava e o capacete e vem com a gente.

10. F1: Dirigir Para Viver

Não tem como não começar esta lista com uma das principais séries sobre Fórmula 1 da atualidade. O seriado da Netflix, que entrou em sua quarta temporada no dia 11 de março, relata o mundo que acontece por trás das corridas em si, nas relações entre os pilotos, a rivalidade dentro e fora das equipes e as figuras peculiares dos bastidores.

Aqui, os vilões são o medo de ficar sem contrato, as barbeiragens dos colegas que podem resultar na perda de boas colocações e as próprias inseguranças.

A parceria com a Netflix foi uma das apostas da Liberty Media, a atual dona da modalidade, para ampliar o alcance da Fórmula 1. Deu tão certo que o show é um dos responsáveis por aumentar a audiência das corridas em todo o mundo e até pelo esgotamento de ingressos para o Grande Prêmio dos Estados Unidos, sempre realizado no segundo semestre e próximo à decisão do título.

F1: Dirigir Para Viver tem quatro temporadas disponíveis na Netflix.

9. Ferrari: Rumo à Imortalidade

Ainda na pegada da competitividade e agressividade da Fórmula 1, este documentário mergulha no passado, voltando aos anos 1950, uma das décadas mais mortais e perigosas da categoria, para falar da ascensão e criação de uma das maiores tradições do automobilismo mundial.

Todo mundo conhece a marca do cavalinho empinado e, aqui, um pouco da história de como isso aconteceu é contada. A ambição do fundador, Enzo Ferrari e sua filosofia de vitória a qualquer custo é refletida na dupla de pilotos Peter Collins e Mike Hawthorn, que, na época, representavam o ápice da competitividade e do perigo, indo para as pistas sabendo que poderiam estar correndo em direção à morte.

Ferrari: Rumo à Imortalidade não está disponível nos serviços brasileiros de streaming, mas pode ser adquirido no YouTube ou na Apple TV.

8. Williams

Seguimos falando das grandes dinastias do automobilismo e da Fórmula 1 para citar outra que está entre as equipes mais antigas em atividade na modalidade. Como uma das equipes mais reconhecidas do cenário, e por onde passaram grandes nomes como o nosso Ayrton Senna, essa é uma história perfeita para se tornar um documentário.

Dirigido por Morgan Matthews (X+Y), Williams começa com Frank Williams e traça sua trajetória como piloto e empresário, incluindo o acidente que tirou seus movimentos, mas não o ímpeto para a velocidade. A empresa deixou recentemente de ser familiar, passando do controle de Claire Williams para um fundo de investimento dos Estados Unidos, mas o legado dele, com certeza, é eterno.

Williams não está disponível em streaming no Brasil, mas vive entrando e saindo do catálogo da Netflix.

7. Senna

Aqui temos um ídolo que dispensa apresentações e é uma das figuras mais reconhecidas do automobilismo brasileiro e internacional. Arrojado na pista e filantropo fora dela, Ayrton Senna deixou um legado que inclui não apenas suas vitórias e falas inspiradoras, mas também mudanças na segurança da Fórmula 1 que fizeram com que seu acidente trágico, naquele fatídico maio de 1994, também fosse uma das últimas mortes a acontecerem dentro das pistas da categoria.

A produção emocionante de Asif Kapadia (Amy) chegou em 2010 para retratar a vida e a carreira do piloto, desde os tempos do kart até a glória nas pistas de Fórmula 1. Seus atritos com a diretoria do esporte, as rivalidades com o companheiro de equipe Alain Prost e o domínio tecnológico da McLaren também fazem parte dos aspectos abordados no longa.

Senna está disponível no Globoplay e no Star+.

6. Schumacher

Outro nome entre os maiores de todos os tempos também vestia uniforme vermelho e compartilhou a pista com Senna em seu início de carreira. Detentor de recordes que só foram quebrados recentemente, pelo inglês Lewis Hamilton, Michael Schumacher é uma lenda.

O documentário de Hanns-Bruno Kammertöns, Vanessa Nöcker e Michael Wech faz um recorte da vida e obra do piloto alemão. Entre entrevistas com executivos, dirigentes e a própria família de Schumacher, também damos uma olhada no domínio da escuderia Ferrari nos anos 2000, sua aposentadoria e eventual retorno às pistas, pela Mercedes, até o acidente que o deixou com sequelas graves até hoje.

Schumacher está disponível na Netflix.

5. Fernando

Começou como a história de uma ambição das grandes e continuou como um grande retorno. A série documental Fernando, do Amazon Prime Video, foca no piloto espanhol e sua busca pela Tríplice Coroa. É um feito obtido apenas por um atleta até hoje, Graham Hill, e que Fernando Alonso tentou obter.

O objetivo é a vitória nos três eventos mais prestigiados do automobilismo global: o Grande Prêmio de Mônaco, as 24 Horas de Le Mans e as 500 Milhas de Indianápolis. A primeira Alonso conseguiu duas vezes, em 2006 e 2007; a segunda veio em 2018 e 2019, com a série documental se focando neste segundo ano. Ainda falta a terceira, uma busca que foi pausada na segunda temporada, com o retorno do piloto à Fórmula 1 em 2021.

Fernando pode ser assistido no Amazon Prime Video.

4. Grand Prix

Astro do cinema, Steve McQueen (Papillon) levou sua paixão pelo automobilismo a novos ares. Ele não apenas protagonizou um dos filmes mais antigos e clássicos sobre o mundo da Fórmula 1 como foi, ele mesmo, um gentleman driver, chegando a correr em disputas reais de outras categorias.

O longa de 1966 dirigido por John Frankenheimer (Sob o Domínio do Mal) volta o olhar sobre quatro pilotos da Fórmula 1, inspirado em personalidades reais da categoria. Suas rivalidades, amores, perigos e companheirismo se desenrolam com direito a imagens reais de corridas da temporada de 1965 e até a aparição de pilotos como Juan Manuel Fangio, Graham Hill e Jack Brabham.

Grand Prix não está disponível via streaming, mas pode ser locado na Apple TV.

3. Grand Prix: The Killer Years

O título de Grand Prix: The Killer Years, documentário de 2011 dirigido por Richard Heap (The Runaways), soa como uma resposta ao glamour visto no longa de Steve McQueen. Também passado entre os anos de 1960 e 1970, o longa conta a história da época mais dramática da história da Fórmula 1, quando a morte de pilotos na pista era rotineira.

Eram anos de glória, que muitos consideram como a era de ouro do esporte, mas também um período intenso. Foi diante das fatalidades que os próprios pilotos se rebelaram contra os dirigentes e donos das escuderias, pedindo mais segurança e levando adiante os protocolos de segurança, muitos deles aplicados até hoje e ainda mais avançados.

Grand Prix: The Killer Years é um documentário da BBC e pode ser visto no Dailymotion.

2. 1: Life on the Limit

Com um tom um pouco menos soturno, mas ainda assim encarando com seriedade os perigos da Fórmula 1, o documentário 1: Life on the Limit faz a ponte entre o aspecto de astro dos pilotos, o talento necessário para pilotar um carro a mais de 300km/h e suas angústias. A fama, aqui, se transforma em prestígio para mudar as coisas e tornar o esporte mais seguro para as gerações seguintes.

Dirigido por Paul Crowder (One in a Lifetime), 1: Life on the Limit passa por diferentes épocas do automobilismo para mostrar essa evolução. Depoimentos de jornalistas, dirigentes e dos próprios pilotos, as imagens mostram o contraste sempre presente na Fórmula 1, entre seus momentos de glória e tragédia.

1: Life on the Limit está disponível para compra na Play Store.

1. Rush: No Limite da Emoção

Em Rush: No Limite da Emoção, somos levados a um período no qual a Fórmula 1 estava mudando e a rivalidade entre os protagonistas reflete isso muito bem. De um lado está James Hunt (Chris Hemsworth), o estereótipo clássico do piloto pegador e com uma habilidade nata, mas pouco compromisso; do outro, Niki Lauda (Daniel Brühl), extremamente técnico e caxias.

O longa de Ron Howard (Uma Mente Brilhante) se passa na temporada de 1976 da Fórmula 1 e mostra muito bem esse conflito, que na vida real também tinha muitos toques de amizade. Mais do que isso, a luta culmina em um dos momentos mais impressionantes da história do esporte, quanto Lauda sofre um grave acidente e acaba com boa parte do corpo queimado, mas volta a competir naquele mesmo ano, apesar de ordens médicas contrárias e de ter sido considerado como morto por um momento.

Rush: No Limite da Emoção pode ser assistido na Netflix.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.