Publicidade

10 melhores filmes quentes no Amazon Prime Video

Por| Editado por Jones Oliveira | 23 de Julho de 2022 às 19h30

Link copiado!

Imagem Filmes, Universal Pictures, Mirovision
Imagem Filmes, Universal Pictures, Mirovision
Tudo sobre Amazon

Tem horas que o brasileiro precisa apenas de um bom filme picante para animar as coisas. Aquele longa com uma trama mais caliente, uma cena mais ousada ou apenas um diálogo um pouco mais sugestivo para fazer a imaginação ir longe — ou para esquentar as coisas com o crush. Independentemente da razão, a verdade é uma só: os filmes mais quentes são ótimas válvulas de escape.

E não precisa nem partir para a sacanagem. O interessante mesmo é ver boas histórias que saibam costurar esses momentos mais apimentados com um roteiro interessante ou mesmo uma aventura divertida. Seja numa comédia besteirol ou em um épico de ficção científica, o cinema já nos provou algumas vezes que dá para causar certos comichões sem abrir mão de bons roteiros.

A boa notícia é que não é preciso ir muito longe para encontrar isso. O Prime Vídeo tem em seu catálogo diversas produções que usam e abusam da mão naquilo e aquilo na mão, mas que ainda conseguem prender sua atenção por causa da narrativa e seus personagens. Assim, para quem está procurando os melhores filmes quentes, a plataforma tem algumas opções para ajudá-lo a apagar esse fogo todo.

Continua após a publicidade

10. Show de Vizinha

Hollywood viveu um momento bem específico no início dos anos 2000, quando as comédias picantes se tornaram moda. Na carona do sucesso de American Pie, vários estúdios apostaram no formato e lançaram histórias com a mesma estrutura do jovem certinho surtando por causa de sexo e se metendo em algumas enrascadas por causa disso. E, quase sempre, aparecia alguém sem roupa no meio da coisa toda.

E Show de Vizinha é uma das produções que segue exatamente essa lógica — como a premissa deixa bem claro. Na história, temos um jovem recém-saído da adolescência que segue numa vida bastante regrada e careta, até que se apaixona pela sua vizinha. Só que tudo muda quando ele descobre que a garota é uma atriz pornô e ela passa a ajudá-lo a se soltar mais e a curtir o lado bom da vida. O resto vocês imaginam.

O Canaltech está no WhatsApp!Entre no canal e acompanhe notícias e dicas de tecnologia

9. Eurotrip: Passaporte para a Confusão

Ainda no clima das comédias sacanas, Eurotrip acerta em cheio ao atingir o sonho de todo adolescente. Afinal, o que pode ser mais hormônios à flor da pele do que um bando de jovens mochilando pela Europa, participando de festas atrás de festas e conhecendo gente tão disposta quanto eles a embarcar em certas aventuras?

Continua após a publicidade

Embora o filme siga a mesma fórmula citada antes — personificada no rapaz que acabou de levar um pé na bunda da então namorada e que decide esquecê-la fazendo essa viagem —, ele ainda é bastante divertido para além dos momentos mais quentes e com algumas piadas que são muito boas até hoje.

8. Tirando o Atraso

Só que essa estrutura não se limitou ao início dos anos 2000 e seguiu dando seus frutos anos depois — ainda que em menor quantidade. Tirando o Atraso é a prova disso. Lançado em 2016, o filme reproduz a fórmula com algumas pequenas diferenças. Desta vez, não é um adolescente descobrindo o sexo, mas um advogado certinho sendo levado à força para uma despedida de solteiro.

Continua após a publicidade

A partir daí, você já imagina o que pode esperar. O que você realmente não espera é o elenco de peso que o longa traz, seja com Zac Efron no papel dessa rapaz pudico ou de Robert De Niro como um vovô safado. Além disso, ele ainda conta com Aubrey Plaza como a jovem que vai mexer com a cabeça dos dois — para dizer o mínimo.

7. Desejos Ocultos

O sexo também é um excelente motor para história mais pesadas e até perturbadoras. E Desejos Ocultos faz isso muito bem ao adicionar um componente um tanto quanto incomum nesse universo: uma inteligência artificial.

Continua após a publicidade

Tudo isso a partir de um futuro não tão distante em que um jovem casal compra um robô para ajudá-los nas tarefas domésticas. E o que começa sendo apenas uma máquina que ajuda a carregar caixa e a fazer as serviços mais básicos de casa passa a atender também outras necessidades da família — inclusive alguns bastante íntimos.

Só que, mais do que ser apenas uma sacanagem com robôs, o filme traz toda uma discussão sobre humanidade e a nossa relação com máquinas que faz com que você fique com uma mão lá e a outra na consciência.

6. 50 Tons de Cinza

Continua após a publicidade

E não há como falar de filme quente sem citar aquele que fez muita gente sair abalada do cinema. 50 Tons de Cinza foi um fenômeno nos livros e mesmo não tendo alcançado o mesmo impacto nas telas, conseguiu a proeza de quebrar alguns tabus e apresentar algumas situações dentro do campo do sexy e sem tratá-los como bizarrices. Afinal, todo mundo tem o seu fetiche, não?

A história da jovem inexperiente que se envolve com esse bilionário misterioso e de gostos peculiares inaugurou a era do romance safado que seria tomado por livros de CEOs no futuro, mas não sem antes apimentar a imaginação de muitas jovens e senhoras por aí, mostrando a elas que um tapinha não dói.

5. Viajantes: Instinto e Desejo

Continua após a publicidade

Viajantes: Instinto e Desejo poderia ser descrito como uma espécie de Emanuelle no Espaço um pouco mais hardcore no sentido de levar algumas ideias e experiências a um novo nível — embora não aquelas que você está pensando.

O filme trata de uma tripulação que é enviada ao espaço com a missão de dar continuidade à raça humana, garantindo a sobrevivência da espécie. E, bem, você sabe como isso acontece. O grande problema é que, à medida que esses jovens vão despertando, os seus instinto são tão aflorados que as coisas saem de controle não apenas no sexo, mas também na violência, o que deixa tudo bem maluco a bordo dessa nave.

Além dessa garotada repleta de hormônios, Viajantes tem um elenco muito bom. Além de Colin Farrell, ele tem Tye Sheridan (Jogador Nº 1), Quintessa Swindell (Adão Negro) e Isaac Hempstead-Wright (Game of Thrones) como parte dessa tripulação.

4. Observadores

Continua após a publicidade

O título nacional não diz muita coisa, mas o nome original deixa bem claro o que você pode esperar do filme: The Voyeurs. Tudo isso por causa de um casal que passa a se interessar pela rotina sexual dos vizinhos e ficam cada vez mais obcecados pelo que conseguem ver os outros fazendo da janela de sua casa.

O problema é que, como sempre, as coisas começam a sair de controle e eles passam a misturar suas próprias vidas com a dos outros e isso passa a afetar sua convivência, levando as coisas para caminhos inesperados. E, em meio a tudo isso, muita sacanagem na janela.

3. The Housemaid

Continua após a publicidade

Diretamente da Coreia do Sul, The Housemaid traz a clássica história da empregada doméstica que acaba se envolvendo com o patrão — mas não do jeito romântico que você está acostumado a ver em novelas. Na verdade, o homem vai em busca da criada justamente por estar cansado de sua esposa e procura na jovem um sexo um pouco diferente.

Só que, como era de se esperar, as coisas não se limitam apenas à sacanagem no fim do dia e a gente logo é levado a um suspense bastante intenso regado a muita vingança e desfechos inesperados.

2. Suspiria: A Dança do Medo

Continua após a publicidade

Apesar de o título nacional sugerir um terror, Suspiria é um grande suspense psicológico que prende o espectador do começo ao fim — e não apenas por causa das cenas mais quentes. O filme é um remake de um clássico italiano do diretor Dario Argento e traz algumas similaridades com Cisne Negro, ou seja, da garota que vai a uma escola de balé e passa por algumas experiências transformadoras em sua vida.

A diferença é que as coisas aqui são um pouco mais intensas, seja na descoberta da sua própria sexualidade quanto nos próprios desafios que enfrenta ou em como isso vai marcá-la para sempre.

1. Secretária

Continua após a publicidade

Talvez um dos filmes sérios mais famosos por causa de suas cenas mais picantes, Secretária oscila bastante entre o instigante e o problemático graças à sua história que é realmente muito boa. Maggie Gyllenhaal vive uma jovem com sérios problemas que acaba de receber alta de um hospital psiquiátrico. Tentando colocar sua vida em ordem, começa a namorar uma rapaz certinho ao mesmo tempo em que arranja um emprego de secretária de um poderoso advogado.

E é a partir da relação com o seu patrão que as coisas desandam. Até porque ela passa a se envolver com ele e a mergulhar no mundo do sadomasoquismo de uma forma um pouco mais intensa do que 50 Tons de Cinza ousa propor.