Crítica Friends: A Reunião | Um abraço nos fãs e no elenco da série de comédia

Crítica Friends: A Reunião | Um abraço nos fãs e no elenco da série de comédia

Por Beatriz Vaccari | Editado por Jones Oliveira | 22 de Junho de 2021 às 20h00
Divulgação/HBO Max

O conceito de fan service, quando bem aplicado, pode resultar em coisas incríveis e o HBO Max sabe muito bem disso. Não é pra tanto que um dos maiores exemplos da década tem o selo do streaming: A Liga da Justiça de Zack Snyder, considerado facilmente um dos mais famosos lançamentos do ano e que não fez a empresa parar por aí. Após a compra exclusiva de Friends, a companhia resolveu agradar ao público da sitcom com a tão esperada reunião do elenco e que chega ao público brasileiro no próximo dia 29, junto à plataforma.

O programa especial reuniu Jennifer Aniston, Courtney Cox, Lisa Kudrow, Matt LeBlanc, Matthew Perry e David Schwimmer em locais icônicos da série, como o apartamento de Monica e o Central Perk. Juntos, um bate-papo especial sobre a história das 10 temporadas foi transmitido durante quase duas horas, incluindo detalhes sobre os bastidores dos episódios, recriar momentos icônicos e responder perguntas que geram polêmica entre o público até hoje.

Atenção! Esse texto pode conter spoilers.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

A série que revolucionou a comédia televisiva norte-americana e, mais tarde, global (Imagem: Divulgação / Warner Bros.)

Friends: A Reunião é, antes de tudo, uma carta de amor aos fãs que acompanharam a série durante dez anos a fio como também para o elenco que deu vida aos icônicos personagens. Desde o princípio o diretor Ben Winston tem como objetivo capturar todos ao seu redor pela memória afetiva, o que explica a primeira cena ser totalmente sem roteiros, apenas inserindo um integrante por vez da produção no set de gravações.

Pensado como uma espécie de revival e depois mudando o caminho, o especial na realidade soa mais como um documentário do que como um episódio de comédia — o que não é necessariamente ruim. O intuito é mostrar o impacto da sitcom na vida de milhares de uma legião de fãs que se estende geração por geração até os dias atuais, e para mostrar justamente o tamanho desse alcance, Friends: A Reunião contou com personalidades famosas em sua enorme lista de convidados, como o grupo de k-pop BTS, o cantor Justin Bieber e a estrela do pop Lady Gaga.

James Corden revisita a memorável fonte da cena de abertura junto ao sofá do Central Perk (Imagem: Divulgação / HBO Max)

Esse formato pode frustrar um pouco o público que esperava um tipo de episódio novo, em que os atores de fato reprisassem seus papéis como Rachel, Monica, Phoebe, Chandler, Joey e Ross. No entanto, parece que o especial foi pensado também para agradecer aqueles que tinham essas expectativas: recriando a icônica cena de abertura da série, revisitando os principais cenários do set de gravação e até lendo novamente o script dos principais momentos de Friends, como o diálogo que antecipou o primeiro beijo de Rachel e Ross ou a reação de Phoebe quando a personagem descobre que Chandler e Monica estão juntos.

O especial possui, de fato, diversos momentos que visam comover os fãs ou qualquer pessoa que teve o mínimo de contato com a comédia durante a vida. As cenas mais emocionantes de toda a produção são, sem dúvidas, as que centralizam o elenco sem interferência externa — deixando os atores que durante dez anos interpretaram seis amigos que mudariam a história da televisão norte-americana e global simplesmente interagirem entre si e dividirem memórias particulares sobre a experiência no set.

O elenco se emociona ao visitar o set de gravação novamente (Imagem: Divulgação / HBO Max)

O resto do filme é conduzido como um talk show, e para isso foi convocada a apresentação de James Corden para ser o grande anfitrião do programa. O comediante serve como escada em muitos momentos durante o bate-papo para trazer surpresas ao elenco, mas também entregar ao público curiosidades jamais reveladas em 25 anos. O especial é inteiramente guiado pelas emoções e todo o sentimentalismo que envolveram a produção e desenvolvimento da série ao longo de 236 episódios — que foram exibidos em 220 territórios ao redor do mundo, atingindo uma média de 25 milhões de espectadores por semana.

Friends: A Reunião pode soar cansativo ou superestimado para parte do público quando os créditos finais rolarem sobre a tela, mas o programa entrega justamente aquilo que prometeu desde o início, por mais que tenha sido produzido mergulhado em expectativas dos fãs. O especial é um agradecimento formalizado ao elenco e toda a equipe que fez a comédia acontecer durante uma década inteira e que hoje acumula cada vez mais fãs por sua presença nos meios digitais. Independente de emocionar ou não, uma coisa é certa: ao finalizar o especial, a vontade de maratonar os episódios mais uma vez é garantida.

Friends: A Reunião bem como as 10 temporadas de Friends estarão disponíveis no catálogo do HBO Max a partir do dia 29 de junho.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.