Doutor Estranho no Multiverso da Loucura quase teve cena chocante com a Vespa

Doutor Estranho no Multiverso da Loucura quase teve cena chocante com a Vespa

Por Durval Ramos | Editado por Jones Oliveira | 23 de Junho de 2022 às 13h35
Marvel Studios, Montagem: Canaltech

O novo Doutor Estranho no Multiverso da Loucura por muito pouco não contou com outra participação especial em seu elenco. Além dos heróis do Illuminati e todas as variantes do próprio Doutor Estranho (Benedict Cumberbatch), o filme quase trouxe a heroína Vespa (Evangeline Lily) de volta — e com um destino não muito agradável.

Em um dos extras da versão digital de Multiverso da Loucura, o roteirista Michael Waldron comenta sobre como surgiu a ideia de criar um novo grupo de heróis na Terra-838 e que, no conceito original, a Vespa também faria parte do time. Assim como os demais membros do grupo, ela também seria morta por Wanda (Elizabeth Olsen) de uma forma um tanto quanto patética: com um simples bater de palmas.

A Vespa escapou da dedetização forçada da Feiticeira Escarlate (Imagem: Divulgação/Marvel Studios)

De acordo com Waldron, a primeira versão do roteiro colocava Hope van Dyne participando da luta dos Illuminati contra a Feiticeira Escarlate e que, no meio da ação, ela iria encolher para tentar atacar a vilã. Contudo, Wanda não teria muitos problemas para derrotar a heroína, já que apenas bateria as mãos, da mesma forma que a gente faz para matar um mosquito.

E fica claro por que essa cena acabou ficando de fora da versão final do roteiro. Embora as mortes de personagens como o Raio Negro (Anson Mount) e até de Reed Richard (John Krasinski) sejam bastante chocantes, ver a Vespa toda retorcida como um inseto morto na mão de Wanda não deve ser a coisa mais bonita de se ver no cinema — ainda mais na mão de Sam Raimi.

Ainda assim, o produtor Ritchie Palmer comemora a liberdade que todos tiveram por parte do Marvel Studios na hora de explorar toda a loucura que o multiverso oferecia, ao mesmo tempo em que puderam ir um pouco além naquilo que o Universo Cinematográfico da Marvel (MCU, na sigla em inglês) costuma fazer. Segundo ele, o próprio Kevin Feige sempre encorajou a todos a ousar e foi uma grande surpresa ver que ninguém os impediu por terem ido longe demais em uma ou outra situação.

Doutor Estranho no Multiverso da Loucura está disponível no Disney+.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.