Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Castelo Rá-Tim-Bum completa 30 anos; saiba onde assistir

Por| 11 de Maio de 2024 às 15h45

Link copiado!

Divulgação/TV Cultura
Divulgação/TV Cultura

Um dos maiores clássicos da TV brasileira completa 30 anos. O programa Castelo Rá-Tim-Bum marcou gerações, apresentou personagens icônicos e, mesmo duas décadas depois de ter sido finalizado, segue encantando o público de diferentes idades.

O programa infantil foi ao ar pela primeira vez no dia 9 de maio de 1994 pela TV Cultura. Criado pelo dramaturgo Flávio de Souza — que já havia comandado o programa Rá-Tim-Bum na emissora — e pelo diretor Cao Hamburger (As Five), o seriado misturava uma trama fantástica com elementos educativos de forma bastante criativa.

Continua após a publicidade

“A história tem uma preocupação pedagógica, mas é divertido. A criança aprende sem perceber que está sendo ensinada” explicou Hamburger em entrevista publicada pelo jornal O Globo em 1993. E foi esse o charme do Castelo Rá-Tim-Bum.

A história girava em torno de um garoto de 300 anos chamado Nino (Cássio Scapin), um aprendiz de feiticeiro que vivia com seus tios em um castelo no meio da cidade de São Paulo. E ele era regularmente visitado por três crianças que, juntos, descobrem os segredos que o local esconde.

Isso inclui desde ratos cantores muito higiênicos, monstros do lixo que ensinavam sobre reciclagem e até cientistas em miniatura que explicavam como funciona o corpo humano. E é nessa combinação do lúdico com o educativo que o Castelo Rá-Tim-Bum se tornou um clássico.

Investimento milionário

Para dar vida a esse universo fantástico, a TV Cultura desembolsou um montante colossal de dinheiro para a época. De acordo com uma reportagem do jornal O Globo publicada em 1993 em que trazia o anúncio da série, o orçamento inicial de Castelo Rá-Tim-Bum foi de US$ 1,2 milhão para a produção de 70 episódios. Na época, isso era o equivalente a 16 bilhões de cruzeiros. 

Ainda assim, o programa foi desenvolvido em parceria com a Fiesp e foi além do que havia sido planejado inicialmente. Dessa forma, a série teve um total de 90 capítulos, sendo exibido até o dia 24 de dezembro de 1997.

Continua após a publicidade

Só que a TV Cultura seguiu reprisando o programa por mais algum tempo, o que ajudou a manter a popularidade do show e permitindo que novas gerações também conhecessem a história.

Em 1999, para celebrar os 5 anos da série, um longa-metragem chegou aos cinemas e trazia parte do elenco original, como Rosi Campos e Sérgio Mamberti no papel da Tia Morgana e Dr. Victor. Já Nino foi substituído por um ator adolescente e foi vivido pelo ator Diegho Kozievitch.

Onde assistir a Castelo Rá-Tim-Bum

Continua após a publicidade

Por muito tempo, o programa infantil foi considerado uma mídia perdida, já que não estava disponível em nenhum streaming e os fãs mais saudosistas dependiam apenas de gravações de baixa qualidade de alguns episódios disponibilizados no YouTube. Contudo, felizmente, isso mudou.

A Libreflix traz todos os 90 episódios de Castelo Rá-Tim-Bum em seu catálogo, além do especial Hora de Dormir. E a melhor parte é que tudo isso pode ser visto de graça e sem qualquer tipo de cadastro, já que a plataforma voltada para produções independentes e de livre exibição oferece seu conteúdo de forma gratuita. 

Embora a imagem carregue o peso da idade, o material ainda tem uma qualidade bastante boa e pode ser visto sem qualquer tipo de problema. É a oportunidade perfeita para encontrar o ratinho tomando banho ou para perguntar ao passarinho que som é esse.