Army of the Dead | Atriz explica como foi inserida digitalmente no filme

Army of the Dead | Atriz explica como foi inserida digitalmente no filme

Por Laísa Trojaike | Editado por Jones Oliveira | 11 de Junho de 2021 às 16h00
Netflix

Army of the Dead continua conquistando seus fãs conforme libera mais informações sobre seus bastidores, revelando truques complexos e como eles foram utilizados para "enganar" a audiência, o que demonstra a qualidade técnica da obra. O que você provavelmente não notou é que uma das personagens foi inserida digitalmente em todo o filme: Tig Notaro disse que nunca conheceu o protagonista Dave Bautista. Mas como isso é possível?

Notaro, que interpreta a piloto Marianne Peters, estava, na verdade, substituindo o ator e comediante Chris D'Elia, que foi removido do filme após diversas acusações de má conduta sexual envolvendo menores de idade. Embora ele negue as acusações, seu nome passou a ser removido de várias produções e a perder contratos com diversos estúdios. O papel deixado no filme acabou nas mãos de Notaro, que se tornou uma das personagens mais comentadas de Army of the Dead.

Por entrar para o elenco posteriormente, Notaro não teve a oportunidade de conhecer os demais atores e atrizes no set, incluindo o Scott Ward de Dave Bautista, com quem parece contracenar muitas vezes. Em uma recente entrevista a Stephen Colbert, Notaro explicou que nunca conheceu os colegas, à exceção de Ana de la Reguera, que apareceu para uma das gravações como Maria Cruz.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Imagem: Reprodução/Netflix

Colbert falou sobre Notaro estar substituindo "um ator" e perguntou à atriz sobre o processo de gravação, questionando se ela precisou assistir ao filme primeiro para saber exatamente o que precisaria reproduzir, o que ela confirmou. Quando o entrevistador perguntou especificamente sobre o elenco, sobre ela nunca ter conhecido o protagonista, Notaro também confirmou: "Nunca encontrei o Dave Bautista na minha vida. Nunca encontrei o cara".

A atriz então explicou que todo o seu trabalho foi realizado em "tela verde", fazendo referência à técnica de Chroma Key, também utilizada com o auxílio de assistentes e dublês em trajes verdes que ajudavam a atriz nas interações com os personagens que não estavam presentes naquele set. Ela detalhou que suas filmagens foram bastante técnicas e que, em alguns momentos, ela sequer sabia com quem estava interagindo, o que torna sua atuação ainda mais incrível.

Apesar das complicações das refilmagens, a atriz garantiu que se divertiu muito com o diretor Zack Snyder e uma foto dos bastidores encerrou a entrevista mostrando Notaro usando uma sandália super confortável e que destoa bastante do look durão da sua personagem, um presente para os fãs que adoram essas pequenas curiosidades. Um vídeo da Netflix também revelou detalhes de como Marianne foi inserida em meio à equipe:

Fonte: TechRadarThe Late Show with Stephen Colbert

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.