Como a internet pode te ajudar a estudar física

Por Nathan Vieira | Editado por Luciana Zaramela | 11 de Maio de 2021 às 18h10
Andrew George/Unsplash

Ninguém disse que física é fácil. No entanto, você tem uma grande ferramenta em mãos: a internet. Desde o início da pandemia, toda a área da educação ficou voltada para a tecnologia, expandindo radicalmente essa relação. Seja por meio de sites, vídeos ou até mesmo aplicativos, a tarefa de estudar acabou se deparando com um leque de opções. E com essa disciplina, não é diferente.

Com isso em mente, o Canaltech traz algumas dicas para você que precisa prestar o vestibular ou o ENEM, ou que está cursando física por algum motivo e precisa de um certo reforço para absorver os conteúdos:

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Canais do YouTube

Um método muito utilizado atualmente por quem almeja entender determinados conteúdos é a mais famosa plataforma de vídeos. No YouTube, diversos professores se aventuram em compartilhar seus conhecimentos em vídeos divididos de acordo com o assunto ou com a dificuldade. É possível para acompanhar playlists, assistir lives de matérias e revisões. Vários desses criadores de conteúdo chegam inclusive a fazer revisões com base em vestibulares.

Um deles é o Professor Boaro, que acumula mais de 800 mil inscritos em seu canal. Ele aposta em vídeos com dicas para os vestibulares, resolução das provas mais recentes, e ainda divide as suas aulas em pequenos módulos, com a intenção de facilitar seu aprendizado. O canal em questão também oferece vídeos sobre assuntos importantes que envolvem ciências em geral e o que está acontecendo no mundo, além de experimentos para aproximar o estudo do cotidiano.

E se você acha que o canal do professor Boaro é voltado apenas para os estudantes mais avançados na matéria, está enganado, porque um dos quadros chama justamente "Física do zero", bem para os leigos mesmo! Recentemente, Boaro começou um projeto voltado para o ENEM 2021. Fica a dica.

Outro canal é o Física com Douglas Gomes, em que o professor, que é mestre em Ensino de Ciências e Matemática, licenciado em Física, traz diversas dicas sobre Ciências da Natureza e suas tecnologias. O conteúdo se divide entre vídeos de curiosidades, explicando fatos como a maneira com a qual os aviões se sustentam, por exemplo, até vídeos mais didáticos. E se você curtir mais as lives, é com o Douglas mesmo: boa parte de seu conteúdo é um quadro chamado Live relâmpago, onde ele tira dúvidas de alunos e explica conteúdos específicos de física.

Mas se você gostar de vídeos mais curtos, o canal do Douglas Gomes também traz pequenos trechos que consistem apenas em uma ou outra fórmulas. Dá para aprender em, literalmente, 1 minuto:

a

Vale ressaltar que, recentemente, chegamos a conversar com a porta-voz do YouTube Edu, uma plataforma que reúne conteúdos de educação gratuitos e de qualidade para estudantes, professores e escolas de todo o país. É lá que estão reunidos os canais mais confiáveis do YouTube para se aprender algum assunto. Dentro do canal há várias playlists baseadas em disciplinas, e é claro que Física não poderia ficar de fora!

Um dos parceiros do YouTube Edu é o professor Ivys Urquiza, que disponibiliza videoaulas que fazem parte do Projeto Física Total. O Projeto nasceu como uma ampliação do trabalho feito no blog Física para o novo ENEM. Pelo canal, os estudantes têm acesso gratuito ao curso completo de física do professor que possui mais de 20 anos de experiência na área. O canal une quase 470 mil inscritos.

Plataformas

Mas nem só de YouTube vive o estudante de física. Isso porque várias plataformas se propõem a disponibilizar conteúdos relacionados com a disciplina. Algumas delas fazem isso de maneira completamente gratuita, enquanto outras são pagas e chegam a contar com planos de assinatura.

Uma das plataformas gratuitas é a Khan Academy, que oferece exercícios, vídeos educativos e um painel de aprendizado personalizado que habilita os alunos a estudarem no seu próprio ritmo, dentro e fora da sala de aula. "Nosso foco é o domínio de habilidades para ajudar os alunos a estabelecerem bases sólidas, de maneira a não limitar seu aprendizado subsequente", diz o site da plataforma. Dentre as matérias, que vão do ensino fundamental ao ensino médio, há o curso de física.

Já o projeto Física Total conta com uma plataforma paga, que promete vídeos exclusivos, roteiros de estudos, material de apoio personalizado e listas de questões, com foco nos vestibulares e, claro, no ENEM. O conteúdo é atualizado a cada semana, com direito a novas aulas.

Outra ideia de plataforma paga é a Pura Física, que promete videoaulas com animações e imagens que ajudam na compreensão de conceitos difíceis e acesso exclusivo a exercícios resolvidos como exemplo entre as aulas para entender como a física é cobrada nas questões e listas com exercícios para praticar e dominar os conceitos de cada aula.

A internet pode te ajudar a aprender física por meio de plataformas, canais do YouTube e até mesmo aplicativos (Imagem: Roman Mager/Unsplash)

Aplicativos

Para quem precisa conferir com mais dinamismo ainda os conteúdos de física, os aplicativos podem ser uma boa. É o caso do Física Básica (Android, iOS), aplicativo gratuito pensado a fim de que qualquer assunto ou fórmula possa ser acessado rapidamente, de maneira que o app seja também uma ferramenta de consulta rápida. Assim como o nome promete, o app traz todo o conteúdo de física básica, como mecânica, termofísica, óptica, ondulatória, eletromagnetismo e fluidos. Além disso, funciona como calculadoras de fórmulas, para auxiliar o estudante a resolver exercícios, e como conversor de unidades. Também há animações interativas e mais de 400 exemplos com solução.

Já o FísicaMaster (Android, iOS) permite resolver os seus exercícios de física e resolver problemas graças à função de calculadora nas páginas práticas da aplicação! A ferramenta permite resolver os seus exercícios e verificações. Basta introduza os seus dados (velocidade, aceleração, etc.), escrever no espaço o que pretende encontrar e clicar em calcular... E em um clique você verá os passos e soluções para completar e resolver seus exercícios. O app ainda conta com quizzes e perguntas sobre todos os tópicos do aplicativo. Os questionários irão ajudá-lo a aprender física enquanto você se diverte.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.