Correios instalam 1º armário inteligente na cidade de São Paulo

Por Felipe Gugelmin | Editado por Claudio Yuge | 15 de Julho de 2021 às 19h10
Divulgação/Correios

Os Correios instalaram nesta quarta-feira (14) seu primeiro armário inteligente — ou locker — na cidade de São Paulo, expandindo as opções do público na hora de receber encomendas. O que diferencia a instalação local dos demais pontos em atividade é o fato de ela ser a primeira a ser feita pelo modelo credenciado, em que uma empresa parceira se torna responsável pelo oferecimento das unidades.

Funcionando de forma gratuita, a estrutura está localizada no Shopping Metrô Itaquera e permite que os consumidores o usem como um ponto de entrega alternativo. Além de garantir o recebimento seguro de itens, a tecnologia também traz o conveniente do horário estendido de funcionamento, que é de 24 horas por dia de segunda a domingo — no caso da unidade instalada no shopping, ela respeita os horários de operação das 10 às 22 horas.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

A retirada das encomendas é feita usando o celular para ler um código QR ou digitando na interface da estrutura um código de acesso enviado através de mensagens de SMS. Para garantir a segurança dos consumidores, as unidades costumam ser instaladas em locais de grande movimento, como estações de trem e metrô, supermercados e shoppings.

Planejamento para 150 novos lockers

Os interessados em usar o locker precisam fazer um cadastro no aplicativo dos Correios e, na hora de fazer uma encomenda, usar o CEP do equipamento e fornecer informações completas de CPF ou CNPJ. Atualmente, os Correios possuem estruturas do tipo funcionando no Distrito Federal, no Rio de Janeiro e, a partir desta semana, na cidade de São Paulo.

A intenção da empresa é que, com o modelo credenciado, ela consiga implantar mais 150 novos lockers nos estados de São Paulo e no Rio de Janeiro. A previsão é a de que novos equipamentos vão ser instalados em breve, mas até o momento não há detalhes sobre os locais que devem recebê-los.

Fonte: Correios

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.