Metrô do RJ terá armários para retirada de produtos comprados pela internet

Metrô do RJ terá armários para retirada de produtos comprados pela internet

Por Felipe Demartini | 24 de Setembro de 2019 às 13h00
Agência O Globo

O metrô do Rio de Janeiro (RJ) receberá uma série de pontos para retirada de produtos comprados pela internet. Os armários serão instalados em 38 das 41 estações do transporte coletivo e terão rede integrada às principais lojas do comércio eletrônico do Brasil, com o cliente podendo escolher essa opção de coleta no momento da compra.

O sistema é baseado no autoatendimento, com os produtos sendo trancados nos armários, que somente podem ser abertos pelo próprio comprador, mediante um código de segurança que é enviado pelo celular. Daí também a escolha do metrô para iniciar as operações, por se tratar de um local reservado e considerado mais seguro pela população, além de ser um dos principais meios de transporte da malha carioca.

Os lockers serão administrados pela Clique&Retire, uma empresa de logística que quer adotar uma modalidade de frete já comum nos Estados Unidos e na Europa. A ideia é que 47% dos clientes de e-commerce do Rio de Janeiro se beneficiem da novidade, pois têm dificuldades no recebimento de produtos por residirem em áreas consideradas de risco ou que não possuem endereço postal.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

A instalação dos armários no metrô da cidade representa a primeira etapa do sistema que vem sendo implementado pela empresa, que também pretende ter terminais em lojas de conveniência da rede BR Mania não apenas no RJ, mas também em São Paulo (SP). Nesse processo, a Clique&Retire também pretende observar a recepção dos brasileiros ao sistema e adaptá-lo de acordo com as necessidades locais.

Outras redes varejistas nacionais já contam com soluções próprias baseadas em lockers para retirada de produtos. As lojas do grupo Via Varejo, que compreende Extra, Casas Bahia e Pontofrio, já contam com armários em parceria com a rede de postos Ipiranga em alguns pontos do Rio de Janeiro, enquanto a Leroy Merlin tem um sistema de autoatendimento desse tipo do lado de fora das próprias lojas, como forma de agilizar a retirada de produtos e diminuir as filas.

Fonte: Extra

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.