Programa mundial da Microsoft capacita mulheres nas áreas de tecnologia

Programa mundial da Microsoft capacita mulheres nas áreas de tecnologia

Por Roseli Andrion | Editado por Claudio Yuge | 04 de Novembro de 2021 às 23h20
Divulgação

A Microsoft e a Recode apresentam a nova edição do DigiGirlz, com dois cursos online gratuitos para capacitar mulheres para os setores de tecnologia, ciência, matemática e engenharia. As inscrições estão abertas neste link. As trilhas disponíveis são Tecnologias Para o Futuro (40 horas) e Jornada Inspiracional da Metodologia Recode (10 horas).

Todas as mulheres que concluírem as duas jornadas poderão se inscrever, até 15 de novembro, para concorrer a uma das 30 vagas do DigiGirlz Day, em 19 de novembro. As selecionadas receberão um kit DigiGirlz, com camiseta personalizada, fones de ouvido, bloco de anotações e pasta. Além disso, terão créditos para celular como ajuda de custo para o uso de internet.

Imagem: Reprodução/Envato/Wavebreakmedia

O DigiGirlz Day terá duas palestras: “Empregabilidade e Carreiras em Tecnologias” e “Construção de Currículo e Dicas de Ferramentas para Busca de Recolocação”. Depois, as participantes serão colocadas em grupos para desenvolver a solução para o desafio “Mulher, tecnologia é pra você!”. Elas receberão mentoria personalizada e orientação. Na equipe vencedora, cada uma das integrantes ganhará um celular.

Mais de 65 mil mulheres de todo o mundo já participaram do DigiGirlz. Após o programa, haverá um ideathon com o tema “Mulher: tecnologia é pra você!” para que, em grupo, elas desenvolvam uma proposta de solução. Em 2020, as vencedoras foram as participantes Carolina Evangelista, Debora França e Camilly Priscila. O projeto era um plano para o aplicativo IABirth, que auxilia grávidas durante a gestação com inteligência artificial.

A ideia veio da experiência profissional de Carolina em uma maternidade. “Foi uma experiência incrível. Fiquei muito feliz por ter o esforço da nossa equipe reconhecido. Será um marco eterno em minha vida.” Atualmente, Carolina é designer em uma edtech que incorpora fundamentos de TI e de comunicação na educação a fim de apoiar os processos de ensino e aprendizagem.

Oportunidades e igualdade de gênero

A aliança entre a Recode e a Microsoft já dura 23 anos e tem o objetivo de oferecer mais talentos brasileiros ao segmento de tecnologia da informação, um dos mais promissores do futuro. Além disso, as empresas buscam promover a igualdade de gênero nesse setor, que tem pouca participação feminina.

Imagem: Reprodução/Envato/poungsaed_eco

Um relatório da Unesco aponta que a escassez de mulheres nessas áreas é global: no mundo, apenas 35% dos alunos no ensino superior em cursos de exatas são mulheres. Além disso, apenas 3% das mulheres no ensino superior optam por cursos em tecnologias de informação e tecnologia.

No mercado de trabalho, os números costumam ser ainda mais baixos. É comum que, principalmente no mundo do software, a representação feminina não ultrapasse 10%.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.