Steve Jobs trocava de carro a cada semestre por outro idêntico: entenda o porquê

Por Nathan Vieira | 05 de Setembro de 2019 às 10h11
Imagem: TIME.com
Tudo sobre

Steve Jobs

Saiba tudo sobre Steve Jobs

Que Steve Jobs era simplesmente um gênio, ninguém contesta, já que ele revolucionou a indústria da tecnologia e fundou uma das maiores empresas do ramo, a Apple. No entanto, uma característica peculiar do empresário que não é de conhecimento geral é que ele costumava andar numa Mercedes SL55 AMG prateada que era trocada por uma igualzinha a cada seis meses.

Acontece que as leis de veículos da Califórnia estipulam que qualquer pessoa com um carro novinho em folha tem no máximo seis meses para colocar uma placa no automóvel. E é aí que o "Pense diferente" tão defendido por Jobs entra em ação. O cofundador da Apple não gostava de como a placa cheia de números interferia na estética de seu automóvel, então o usava sem placa mesmo. Quando esse prazo de seis meses chegava ao fim, ele simplesmente trocava o automóvel por um idêntico.

Mercedes SL55 AMG prata de Steve Jobs, que não tinha placa (Foto: reprodução/ItWire)

A história foi contada por Jon Callas, diretor técnico da empresa de software Entrust — que no passado trabalhou na Apple em várias funções relacionadas à segurança — durante uma entrevista ao portal norte-americano iTWire. Ele explicou como Jobs dirigia legalmente sem uma placa e dissipou os rumores de que na época Jobs ficava pagando multas para a polícia por não ter uma placa no carro.

O autor do artigo, David Heath, explicou: "Steve Jobs tinha feito um acordo com a empresa de leasing: ele mudava de carro continuamente a cada 6 meses (ou mais cedo), trocando sua Mercedes SL55 AMG prateada por outra completamente igual. Ele nunca usou o mesmo carro por mais de 6 meses e, portanto, não tinha obrigação legal de colocar a placa em seu carro".

Fonte: iTWireQuora

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.