PS5 | Ratchet & Clank é o jogo que mostra todo o poder do novo videogame

Por Wagner Wakka | 12 de Junho de 2020 às 11h30
Reprodução YouTube/Sony
Tudo sobre

Saiba tudo sobre PlayStation 5

Ficha técnica

A Sony apresentou nesta quinta-feira (11) uma sequência de games que chegarão ao PlayStation 5 nos próximos anos. O objetivo da apresentação era mostrar o poder da nova geração e os games que os jogadores podem esperar para o console. Um dos títulos de maior destaque foi Ratchet & Clank: Rift Apart, o novo jogo da franquia de plataforma da Sony.

Em meio à apresentação que teve Horizon: Forbidden West e Marvel's Spider-Man: Miles Morales, por que o game de Ratchet & Clank merece tanta atenção? O título foi o que melhor mostrou as novas capacidades do PlayStation 5, principalmente, em relação ao SSD.

Em março, o engenheiro-chefe do PlayStation 5, Mark Cerny, apresentou o SSD desenvolvido internamente pela Sony, como o pilar do console. Com alta velocidade de transmissão de dados, ele consegue eliminar loadings e permitir grandes mudanças de ambiente sem precisar de intervalos para isso.

Esta nova característica é visível nos trailers de Ratchet & Clank: Rift Apart. Pela apresentação, o jogador vai poder atravessar portais, por mundos completamente distintos, sem precisar de uma tela de carregamento entre eles. Ou seja, foi Rift Apart que melhor mostrou as potencialidades deste novo SSD.

Outra mecânica também é a de atravessar portais. O jogador poderia se puxar para dentro de um portal em uma mesma arena para conseguir fugir de inimigos, com uma velocidade bastante alta. O que também é possível por conta de uma taxa de transferência de dados elevada.

Como funciona o SSD do PlayStation 5? 

Na apresentação de março, Cerny já deu detalhes de como o SSD vai funcionar. O hardware terá capacidade de 825 GB, com banda de 5,5 GB/s. Contudo, dentro das tecnicidades, ele explicou que a Sony está trabalhando com um tipo de compressão chamado Kraken, que permite taxas de transferência de 8 GB/s a 9 GB/s entre o SSD e o sistema. Em comparação, o HDD do PlayStation 4 tinha taxa de até 100 MB/s. Isso permite dizer que 2 GB de informação podem ser transportados em um quarto de segundo.

Na prática, isso significa que o aparelho consegue carregar informações na tela com velocidade maior que a de consoles atuais. Por isso, permitiria, por exemplo, que toda uma nova fase ou mundo, pudessem ser exibidos sem que o jogador nem mesmo percebesse o carregamento. Pelos trailers, é isso Ratchet & Clank: Rift Apart mostra, por isso, o game é tão central na apresentação da Sony.

Rift Apart ainda não tem data de lançamento, mas será um exclusivo do PlayStation 5. A Sony também revelou, no mesmo evento, os dois modelos do console, que vai contar também com uma versão sem entrada para discos.

O PlayStation 5 deve chegar no final de 2020, ainda sem uma data específica de lançamento.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.