Brasil é o quinto país que mais usa smartphone; destaques são vídeos e mensagens

Por Wagner Wakka | 22 de Janeiro de 2019 às 08h52
Savenkomasha/Depositphotos

O Brasil está na lista dos cinco países que mais utilizam smartphone no mundo. Um novo estudo da consultoria de mídia App Annie avaliou dados da App Store e Google Play em todos países em que ambos serviços estão disponíveis e traçou o comportamento dos usuários brasileiro em relação ao resto do mundo.

O levantamento mostra que o usuário brasileiro gasta, em média, mais de três horas no smartphone. O país fica atrás apenas de Indonésia, Tailândia, China e Coreia do Sul. A empresa argumenta que esse é um comportamento típico de mercados nos quais a tecnologia ainda é considerada em estágio de experimentação. “Com mercados entrando em estágios iniciais de maturidade no mobile - características comuns de mercados emergentes como Indonésia e Índia -, há um número alto de downloads liderado por novos compradores de mobile descobrindo e experimentando novos apps”, aponta o estudo.

Horas de uso de devices (Gráfico: App Annie)

Isso mostra um mercado que possui mais downloads, mas menos utilização e receita. O caminho natural, de acordo com a pesquisa, é de que o mercado passe por um momento de adoção das plataformas e chegue a um cenário de ubiquidade, no qual downloads, uso e receita se mantém em alto nível.

O trabalho mostra que atualmente os brasileiros têm entre 70 a 80 apps instalados nos aparelhos, mas utilizam menos da metade deles, entre 30 e 40.

Relação de apps instalados com usados (Gráfico: App Annie)

Contudo nosso país também é destaque em crescimento. Somos o segundo país cuja utilização de mobile cresceu desde 2016 acima de outras economias, isso baseado no PIB. “Japão, Brasil e Reino Unido foram os três locais em que o consumo de mobile avançou significativamente sobre a média de outros setores do PIB”, aponta o trabalho.

Comparação do mercado mobile com o PIB de outros setores (Gráfico: App Annie)

Apps

O Brasil está no quarto lugar em termos de utilização aplicativos de compra, com crescimento de 20% em dois anos.

Países que mis usam apps de compra no mundo (Gráfico: App Annie)

O número também é mantido em cenários de apps para alimentação e bebidas, com crescimento de 45% em dois anos. Nesse período o Brasil quase dobrou o número de downloads de apps de comida, como iFood , Uber Eats e outros, chegando a 140 milhões de downloads.

Contudo, esses apps ainda estão abaixo dos usados por grandes marcas. O líder de downloads é o app do McDonald's, seguido de Burger King, Burger King Brasil, Starbucks e Starbucks USA.

Relacionado a bancos, o Brasil teve aumento acima de 100% no número de downloads, ficando atrás somente da Índia. O app do Banco do Brasil, por exemplo, é um dos 10 mais baixados de 2018.

Outro dado interessante coloca o Brasil como um dos países que mais gasta tempo em frente a apps de vídeo. Em 2018, passamos a marca de 20 bilhões de horas assistindo vídeos em serviços de streaming, um crescimento de 130% em dois anos.

Utilização de apps de vídeo (Gráfico: App Annie)

Nas redes sociais, o país também se apresenta como destaque, na segunda colocação. Passamos cerca de 90 bilhões de horas em consumo de apps de mensagem em 2018. Aqui no Brasil, destaque absoluto para o WhatsApp, seguido de Facebook e de Instagram.

Brasil aparece como destaque em utilização de apps de redes sociais e mesnagem (Gráfico: App Annie)

Apps mais usados

O Facebook domina a utilização aqui no Brasil. Dos cinco apps mais usados, quatro são da empresa: WhatsApp, Facebook, Messenger e Instagram. Veja a lista:

  1. WhatsApp
  2. Facebook
  3. Messenger
  4. Instagram
  5. Uber
  6. Netflix
  7. Spotfy
  8. Waze
  9. Mercado Livre
  10. Banco do Brasil.

A empresa não informa a quantidade de usuários destas plataformas.

Fonte: App Annie

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.