Disney+ anuncia filmes que vão ignorar cinemas e estrearão direto no streaming

Disney+ anuncia filmes que vão ignorar cinemas e estrearão direto no streaming

Por Beatriz Vaccari | 11 de Dezembro de 2020 às 19h10
Movie Screencaps

2020 foi um ano como nenhum outro. Devido à pandemia causada pelo novo coronavírus (SARS-CoV-2), a indústria do entretenimento parou, com estúdios fechando as portas por tempo indeterminado e emissoras tendo que reavaliar a programação que iria ao ar, já que não houve conteúdos de séries e programas de TV inéditos por meses. Pela primeira vez na história, nenhum filme estreou nos cinemas brasileiros, e mesmo com as redes cumprindo os protocolos de reabertura, ainda é difícil dizer se o cronograma de lançamentos cinematográficos voltará ao normal, afinal de contas, as novidades acabaram sendo atrasadas por um ano.

Filmes esperados para este ano, como Viúva Negra, o último 007 de Daniel Craig e Velozes e Furiosos 9 tiveram datas de lançamento reagendadas tantas vezes que acabaram tendo informações vazadas. Por outro lado, há filmes que "perderam o prazo" de estreia nos cinemas e acabaram sendo disponibilizados diretamente no streaming, como foi o caso de Greyhound, que teve seus direitos de distribuição vendidos para o Apple TV+; SCOOBY! O Filme, que chegou às plataformas de conteúdo sob demanda; Um Crime Para Dois, da Paramount, que foi direto para a Netflix e, por fim, Mulan, Hamilton e Artemis Fowl: O Mundo Secreto, que "pularam" a estreia nos cinemas e foram disponibilizados diretamente no Disney+.

Um dos filmes mais aguardados do ano, Mulan estreou o Premier Access, do Disney+ (Imagem: Divulgação / Disney)

Diferente de Hamilton e Artemis Fowl, Mulan teve a exibição condicionada a uma taxa de locação por um período de três meses antes de ser integrado definitivamente ao catálogo do streaming, disponível para todos os assinantes. Com esse lançamento, a Disney acabou enxergando um novo modelo de negócio para se adaptar às consequências da crise causada pela COVID-19. Já foi divulgado que Soul, a nova animação da Pixar, chega na plataforma no Natal, sem a necessidade de pagar uma taxa extra, mas a companhia já compartilhou a vontade e o interesse em tornar o "Premier Access" uma nova modalidade de compra e locação dentro da interface do Disney+.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

"Haverá um papel estratégico para isso em nosso portefólio de ofertas", explicou o coCEO Bob Chapek referindo-se ao Premier Access. Ou seja, a empresa estuda a possibilidade de incluir mais filmes ou séries exclusivas do Disney+ sob o acesso premium, sendo necessário pagar uma taxa à parte da assinatura mensal ou anual para poder assistir aos conteúdos.

Direto para a casa dos fãs! Soul pulará estreia nos cinemas e chega ao streaming no Natal (Imagem: Divulgação / Pixar)

O Disney Investor Day aconteceu nesta quinta-feira (10), sendo um evento realizado para apresentar as novidades para os executivos de companhias, mas que também serve para revelar aos fãs o que vem por aí, tanto nas salas de exibição quanto no Disney+. Durante diversos anúncios revelados pela empresa, como as 10 novas séries da Marvel e Star Wars e novos longa-metragens de animação, a Disney divulgou que alguns dos próximos live-action dos estúdios também "pularão" essa estreia nos cinemas e serão disponibilizados diretamente no streaming.

Leia mais sobre o evento:

Primeira imagem de Cruella, que será protagonizado por Emma Stone (Imagem: Divulgação / Disney

Havia um certo rumor sobre o longa de Cruella, com Emma Stone, estar nessa leva de longas exclusivos da plataforma de acordo com uma informação publicada com exclusividade pelo Deadline no final de novembro. Mas de acordo com o evento de ontem, há apenas dois títulos que estão certos para pularem o lançamento teatral e serem assistidos pelo público em casa: Pinóquio e Peter Pan & Wendy.

Com o anúncio, a Disney revelou em primeira mão dois teasers sobre os respectivos lançamentos, ainda sem uma data definida para estrearem no streaming. Confira abaixo:

O anúncio do live-action de Pinóquio confirma duas informações que até a última quinta-feira eram tratadas como rumores em Hollywood: de que Robert Zemeckis estaria contratado para dirigir o longa e que o nome já confirmado no elenco é o de Tom Hanks no papel do marcineiro Gepetto. O filme marcará o quinto trabalho dessa parceria que já originou títulos reconhecidos pela crítica especializada: Forrest Gump (1994), Náufrago (2000) e O Expresso Polar (2004). O cineasta e o ator também estão juntos no drama pós-apocalíptico BIOS, que tem previsão de lançamento para 2021.

Por outro lado, a Disney confirmou também a participação de Yara Shahidi como Tinker Bell no live-action de Peter Pan & Wendy. Além disso, os estúdios ainda anunciaram que o ator Jude Law dará vida ao pirata da Terra do Nunca, o Capitão Gancho. O longa ainda contará com direção de David Lowery, que já trabalhou com os estúdios no remake de Pete's Dragon.

Ainda não há previsão de início de filmagens para os dois filmes e se a disponibilização no Disney+ incluirá algum tipo de taxa extra ou seguirá parte integrante do catálogo como aconteceu com o live-action de A Dama e o Vagabundo. A nova animação da Pixar, Soul, por sua vez, segue com lançamento marcado no Disney+ para 25 de dezembro.

Fonte: Variety, Deadline

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.